Exposição

Intensivão no Sesc

Quatro unidades inauguram mostras importantes.

Por: Julia Flamingo

Avesso: O mês de setembro será dedicado à performance no Sesc Bom Retiro. Quinze artistas e coletivos apresentam uma série de trabalhos, a exemplo de Avesso, de Mário Shima, que usa seu corpo para aquecer e enrijecer tigelas de argila, como se fosse um grande forno humano.

Avesso
Avesso, de Mário Shima (Foto: Bruno Vilela)

Sempre Algo entre Nós: Linguagem e interação são os principais temas da coletiva Sempre Algo entre Nós, no Sesc Belenzinho. Fernanda Porto e Haroldo Saboia exibem o vídeo Sintaxe, sobre falhas de comunicação. No jogo de palavras, montam a frase “agente junto por tanto separado”.

Sintaxe
Fernanda Porto e Haroldo Saboia exibem o vídeo Sintaxe (Foto: Divulgação)

O Globo da Morte de Tudo: Nuno Ramos e Eduardo Climachauska apresentam O Globo da Morte de Tudo, no Sesc Pompeia. Motoqueiros vão pilotar dentro de dois globos de aço, conectados a prateleiras com objetos frágeis.

O Globo da Morte de Tudo
Nuno Ramos e Eduardo Climachauska apresentam O Globo da Morte de Tudo (Foto: Divulgação)

Adornos do Brasil Indígena: Resistências Contemporâneas - Duzentos artefatos indígenas do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP (MAE) serão expostos a partir de quarta (7/9) na mostra Adornos do Brasil Indígena: Resistências Contemporâneas, no Sesc Pinheiros. Obras atuais relacionadas ao tema, como a série Objetos para Tampar o Sol de Seus Olhos, de Paulo Nazareth, também estarão por lá.

Adornos do Brasil Indígena: Resistências Contemporâneas
Objetos para Tampar o Sol de Seus Olhos (Foto: Acervo Fotográfico MAE)

Fonte: VEJA SÃO PAULO