memória

Morre o ator Elias Gleizer

Ator de novelas como "Sonho Meu" tinha 81 anos e vivia no Rio de Janeiro

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O ator paulistano Elias Gleizer - que estrelou mais de cinquenta novelas e séries, como Direito de Amar, Tieta, Era Uma Vez e Sinhá Moça - morreu na manhã deste sábado (16), no Rio de Janeiro.

Um dos papeis mais marcantes foi o Tio Zé, personagem central de Sonho Meu, de 1993, em que atuava ao lado da então garotinha Carolina Pavanelli. Outro foi em Tieta, como Seu Jairo, o motorista da "marinete", ônibus caindo aos pedaços.

Sua última aparição havia sido em Boogie Oogie, da faixa das 18h.

Ele tinha 81 anos e estava internado no Hospital Copa D'Or, após uma queda sofrida dias antes. Ao longo da hospitalização desenvolveu um quadro de falência circulatória devido a uma broncopneumonia.

No Instagram, o ator Bruno Gagliasso homenageou o colega de profissão em dois posts: uma tela em preto e um comentário: "Meu avô querido..... Chegou a hora de descansar!". Gagliasso interpretou Tarso na novela Caminho das Índias, trama na qual era neto de Cadoro, personagem de Gleizer.

Seis coisas que você provavelmente não sabia sobre Elias Gleizer

Fonte> projeto Memória Globo, da TV Globo:

- Seu nome verdadeiro é Ilicz.

- Ele é paulistano. Nasceu em 4 de janeiro de 1934, em São Paulo

- É filho de imigrantes judeus poloneses, de pai sapateiro e mãe dona de casa.

- Começou na carreira artística tocando violino por volta dos 8 anos. Aos 12, passou a integrar uma orquestra.

- Na TV, o primeiro papel de destaque foi em José do Egito, na TV Tupi, em 1959

- Não gostava de fazer cinema e quase não soma trabalhos na área. Uma exceção foi Didi Quer Ser Criança, com Renato Aragão, em 2004.

Fonte: VEJA SÃO PAULO