Memória Paulistana

Morre Ankito

Por: Daniel Nunes Gonçalves [Giovana Romani, João Batista Jr. e Sara Duarte] - Atualizado em

Ankito, Albertina, Áurea (à esq., de cima para baixo), Aylor, Ariel e Ayola (à dir.) eram jovens acrobatas de uma família circense naquele início da década de 40. Paulistano do Brás, o primeiro deles era filho do popular palhaço Faísca. Os outros são seus primos, filhos de Abelardo Pinto, o Piolin. Além de estrela do circo, Anchizes Pinto, o Ankito, brilhou em mais de trinta filmes de chanchada, 23 peças de teatro e quatro novelas-, como destaca o livro Ankito, Minha Vida... Meus Humores, escrito por sua mulher, a atriz Denise Casais, e lançado pela Editora Funarte. Na segunda (30), o comediante morreu aos 84 anos, no Rio de Janeiro, onde vivia, após um longa batalha contra um câncer de pulmão.

Fonte: VEJA SÃO PAULO