Cidade

Morador de rua é encontrado morto no centro

A vítima passou mal por volta das 18h30; de acordo com Pastoral, pelo menos cinco moradores de rua já morreram devido ao frio desde a semana passada

Por: Veja São Paulo

morador de rua morto
Mais um morador de rua é encontrado morto em São Paulo (Foto: Edison Temoteo/ Futura Press/ Estadão Conteúdo)

Um morador de rua morreu nesta segunda-feira (14) na região do Bom Retiro, na região central de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, o caso ocorreu por volta das 18h30. O homem passou mal e teve convulsões. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, porém, ele não sobreviveu. O caso ocorreu na Rua Amazonas, na altura do número 107.

+ Incêndio atinge comunidade na Zona Leste na madrugada desta terça (14)

De acordo com a Pastoral do Povo de Rua, esse é, pelo menos, o quinto caso de morador de rua que morre devido ao tempo frio em São Paulo desde a semana passada. “Foram cinco casos confirmados na capital”, disse o agente da Pastoral Jair Magalhães de Andrade. A entidade ganhou 700 cobertores ontem como doações e espera receber mais 500 hoje.

Em nota divulgada nesta segunda (13), a Arquidiocese de São Paulo lamentou o ocorrido e disse expressar "profunda tristeza e preocupação" com os casos. “Tudo leva a crer que a causa da morte deles foi o frio”, diz o texto.

Outros casos

Neste domingo (12), o morador de rua Adilson Roberto Justino foi achado morto na calçada da Avenida Paulista, sem sinais de violência física. Segundo uma testemunha, ele faleceu após apresentar convulsões. Na sexta-feira (10), João Carlos Rodrigues, de 55 anos, foi encontrado por seguranças do Metrô morto na rampa de acesso à Estação Belém. O corpo também não apresentava sinais de violência.

+ Confira as últimas notícias

A Prefeitura de São Paulo relatou que desde o dia 16 de maio, foram registrados mais de 240 000 acolhimentos de moradores de rua por meio do programa Operação Baixas Temperaturas. Neste fim de semana, quando houve recordes de baixa temperatura, foram acolhidos por dia, em média, 11 000 moradores. 

(Com Estadão Conteúdo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO