Crime

Modelo acusada de agredir escrivã se diz inocente e indignada

Presa no interior do estado após confusão em delegacia, Vanessa Alcântara divulga nota para agradecer aos fãs

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Vanessa Alcântara, ex-namorada do fiscal Luis Alexandre Magalhães
Modelo alega inocência e diz que provas são subjetivas (Foto: Arquivo Pessoal)

A modelo Vanessa Alcântara, detida em Campinas após atacar uma escrivã de polícia, no último dia 7 de abril, quando fazia um registro de ocorrência por causa de briga de vizinhos na delegacia de Valinhos, se diz indignada com a detenção e alega inocência.

Em nota divulgada por sua assessoria de imprensa nesta quinta (14), a artista - que é ex-namorada de Luis Alexandre Magalhães, fiscal da prefeitura de São Paulo acusado de participar de um esquema de corrupção - afirma que as acusações são subjetivas e que tudo será colocado a limpo.

"Não se pode julgar dessa forma. Quem me conhece sabe que não sou agressiva e que tenho uma vida honesta", diz Vanessa, que foi no último Carnaval musa da escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi, de São Paulo.

+ Delator da máfia do ISS é preso em flagrante cobrando propina

Na última segunda (11), a juíza Daniella Aparecida Soriano, do Fórum de Valinhos, negou a solicitação de liberdade provisória feita pelos advogados de Vanessa, que depois recorreram ao Tribunal de Justiça.

Confira a íntegra da nota:

“Todo esse apoio me dá força pra continuar e me reerguer depois dessa injustiça. Meu sentimento é de indignação, mas estou muito tranquila, sei que estou sendo acusada por atos que não fiz. Tanto que as provas são subjetivas. O tempo vai se encarregar de colocar tudo a limpo”, disse por meio de sua assessoria. “Apesar de toda a situação estou bem, lendo bastante e refletindo sobre tudo. Estou confiante na minha liberdade. Fiquei triste em saber que algumas pessoas estão propagando inverdades sobre mim. 

+ Salto de Kendall Jenner faz modelo passar maus bocados durante evento

Vanessa Alcântara, ex-namorada do fiscal Luis Alexandre Magalhães
Vanessa Alcântara está detida desde o dia 7 de abril (Foto: Arquivo Pessoal)

Fonte: VEJA SÃO PAULO