Restaurantes

Mello & Mellão: uma trattoria cinematográfica

Em ambiente com referências ao universo de Fellini, oferece boa seleção de massas frescas

Por: Helena Galante - Atualizado em

Mello & Mellão - RESTAURANTES - 2249
O ambiente: fotografias e cadeiras com estampa de oncinha (Foto: Fernando Moraes)

Filho de uma italiana de Abruzzo, o chef Hamilton Mello, o Mellão, dedicou-se nos últimos quatro anos a prestar consultoria para o variado Floriano, cuja matriz fica no Itaim. Ele voltou às origens da cozinha de sua família ao inaugurar em setembro, no mesmo bairro, a trattoria Mello & Mellão. O salão possui cadeiras com estampa de oncinha e decoração inventiva, cheia de referências à obra do cineasta Federico Fellini.

+ Trattoria Rosticceria Picchi aposta em receitas simples

+ Chefs investigam as cozinhas francesa e italiana em livro

+ VEJA “Comer & Beber” elege o melhor do Litoral Paulista

No cardápio, Mellão prioriza pratos mais simples. Sugerido de entrada, o vitello tonnato (carne de vitelo em fatias com maionese de atum) custa R$ 24,00. Ponto alto do menu, a seleção de massas frescas inclui o pansotti recheado de queijo brie e pera ao suave creme de rúcula e o nhoque ao sugo salpicado de queijo pecorino (R$ 32,00 cada um).

Mello & Mellão - RESTAURANTES - 2249
Pansotti de pera e queijo brie (R$ 32,00): coberto por um suave creme de rúcula (Foto: Fernando Moraes)

Numa primeira visita, em outubro, decepcionou o salgado brasato (carne bovina cozida ao vinho cabernet; R$ 48,00) acompanhado de polenta branca. A falha foi corrigida na segunda tentativa, no dia 30 de novembro. Prove ainda o bacalhau fresco guarnecido de risoto enriquecido por feijão (R$ 49,00). Na sobremesa, opte pela panacota de café em calda de licor sambuca (R$ 12,00). O tinto italiano Tosca Chianti Colli Senesi 2009 (R$ 92,00) escolta a refeição. Fecha nos sábados (24 e 31), nos domingos (25 e 1º) e na segunda (26).

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO