Abastecimento

Pesquisa aponta que 60% dos paulistanos já tiveram corte de água

Datafolha mostra ainda que crise atinge especialmente quem mora em casa e recebe até cinco salários mínimos

Por: VEJA SÃO PAULO

Sistema Cantareira edição 2374
É a primeira vez que pesquisa aponta que a crise hídrica atingiu mais da metade da população da capital (Foto: Mario Rodrigues)

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) mostra que 60% dos paulistanos ficaram sem água nos últimos trinta dias. É a primeira vez que um levantamento aponta que a crise hídrica atingiu mais da metade da população da capital.

+ Segunda-feira começa com céu nublado e temperaturas amenas

Três em cada quatro entrevistados afirmaram que a falta de água aconteceu por mais de seis horas. A pesquisa demonstra ainda que a situação é mais grave para quem mora em casa. Esse grupo representa 67% dos atingidos.

Os mais pobres também são os que mais sofrem com os cortes. Segundo o levantamento, 65% das pessoas com renda mensal abaixo de cinco salários mínimos relataram problemas no abastecimento. Entre os que ganham mais de dez salários mínimos, as ocorrências caem pela metade (32%).

+ Justiça libera segunda cota do volume morto do Cantareira

Entre as medidas utilizadas pela população para economizar estão parar de lavar calçadas, alternativa adotada por 89% dos mais pobres, e evitar lavar carros, ação realizada por 76% dos mais ricos.

O Datafolha entrevistou 804 pessoas na sexta-feira (17). A pesquisa tem margem de erro de quatro pontos percentuais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO