Memória paulistana

Livraria Teixeira: frequentadores famosos e badaladas tardes de autógrafos

Por: Edison Veiga [Fábio Wright] - Atualizado em

Fundada em 1876 pelos imigrantes portugueses Antonio Maria Teixeira e José Joaquim Teixeira, a livraria Teixeira teve frequentadores famosos como o imperador dom Pedro II, o presidente Washington Luís, o prefeito Prestes Maia e o jurista Rui Barbosa. Depois de funcionar na Rua São Bento, na Avenida São João e na Rua Líbero Badaró, em 1950 mudou-se para a Rua Marconi, no centro, onde aconteceram badaladas tardes de autógrafos com escritores como Jorge Amado, Érico Veríssimo e Lygia Fagundes Telles. Na foto acima, de setembro de 1975, o ator e compositor Mário Lago autografa seu livro Chico Nunes das Alagoas diante do escritor Marcos Rey (ao centro, de óculos) e dos atores Renato Consorte (de bigode), Edney Giovenazzi (de óculos escuros), John Herbert (no canto direito) e Eva Wilma (apoiada na mesa), entre outros. Atualmente, a Teixeira fica na Alameda Lorena, 1611, nos Jardins.

Fonte: VEJA SÃO PAULO