Cinema

10 motivos para ver "Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2"

O longa estreia nesta sexta (15) e saiba porque você deve reservar seu lugar no cinema

Por: Bruna Gomes - Atualizado em

Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2
Daniel Radcliffe: há dez anos o ator interpreta Harry Potter (Foto: Divulgação)

O último filme da saga estreia na próxima sexta (15) e promete arrancar lágrimas dos fãs que acompanham há dez anos a história do bruxo no cinema. Veja abaixo dez razões para não perder “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2”:

+ Veja tudo sobre o último Harry Potter

+ Abril.com: Especial HP conta com jogos e muito mais

1. Hogwarts como nunca foi vista

O visual da escola de magia consegue passar toda a tensão que norteia o longa. “Hogwarts acabou se tornando um lugar bem sombrio, mais parecido com uma prisão que com uma escola”, diz o diretor do filme, David Yates.

2. Harry Potter (Daniel Radcliffe) aparece mais decidido

Yates comenta que no início da segunda parte do último filme, Harry é um homem e está muito decidido a cumprir sua tarefa. “Ele precisa matar Voldemort, sabe que precisa terminar o trabalho e está determinado a ir até o final.”

3. Snape (Alan Rickman) se supera na interpretação

O jeito frio e comedido do professor aumenta o clima de medo presente na escola de magia. A última cena em que ele aparece é uma das mais emocionantes da trama.

4. Efeitos visuais de tirar o fôlego

Os feitiços são mais elaborados. Pela primeira vez, as tomadas exteriores do castelo de Hogwarts não foram feitas com maquetes mas com computação gráfica.

5. Cenas emocionantes

A morte de personagens importantes para a saga, lembranças inesperadas e despedidas podem levar os fãs do bruxo a chorarem copiosamente. Para quebrar um pouco o clima de tensão, o filme conta com frases engraçadinhas e o desenrolar de alguns romances.

6. Duendes de Gringotes

O processo de transformar dezenas de atores em duendes envolveu 170 profissionais de maquiagem e cada personagem levou cerca de quatro horas para ficar pronto. O grande desafio é que cada um deveria ter um rosto diferente.

7. Neville (Matthew Lewis) se torna um guerreiro

A mudança do menino tímido e atrapalhado em um homem corajoso é notada em sua primeira aparição.

8. Voldemort (Ralph Fiennes) mais letal do que nunca

Na reta final, o lorde das trevas mostra todo o seu ódio.

9. O beijo entre Rony (Rupert Grint) e Hermione (Emma Watson) finalmente acontece

Como cresceram juntos, os atores estavam um pouco desconfortáveis com a cena. Para driblar o problema, David Yates não lhes avisou sobre quando filmariam o beijo até a noite anterior.

10. Confronto final entre Harry e Voldemort

A briga que todos esperavam desde o início da saga acontece.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO