Entretenimento

Fuja do Carnaval - Exposições

Eventos dão a chance de curtir o silêncio dos museus

Por: Anna Carolina Oliveira

Museu do Futebol
Museu do Futebol (Foto: Fernando Moraes)

A pausa do Carnaval é um bom momento para adquirir mais cultura e conhecimento. Por isso, se você é daqueles que gosta de passar horas e horas caminhando pelos corredores dos museus, não pode deixar de conferir as três opções abaixo.

  • Museus

    Museu do Futebol

    Praça Charles Miller, s/n, Pacaembu

    Tel: (11) 3664 3848

    7 avaliações

    Impossível não se contagiar de cara com a atmosfera boleira deste museu cravado debaixo das arquibancadas do Estádio do Pacaembu. Todas as atrações são multimídia e interativas. Projetores exibem fotografias gigantes de ídolos como Pelé, Garrincha, Zico e Ronaldo. Numa sala, fotos antigas contextualizam os primórdios do esporte no Brasil. Há muito material em vídeo, mostrando dribles, gols e jogadas marcantes. Quem quiser se aventurar (sobretudo as crianças), pode brincar de cobrar um pênalti e medir a velocidade do chute numa atração ou jogar com uma bola virtual em outra. Duas experiências arrepiam os visitantes: imagens de torcedores incentivando aos berros seus times, projetadas em telões debaixo das arquibancadas, e o acesso para ver (e fotografar, é claro) o gramado verdinho do Pacaembu. Em outra sala, telas em alta definição apresentam a história das copas e a participação da Seleção em cada uma delas. Difícil é sair de lá sem querer gritar “Brasil, Brasil, Brasil”.

    Saiba mais
  • Dona de um papel central no atual cenário político e econômico do mundo, a China está com os holofotes internacionais voltados para a sua arte, cada vez mais valorizada no mercado. A coletiva tenta mostrar um painel do país por meio de 48 obras de dez artistas. O resultado, porém, decepciona ao se concentrar em instalações pouco memoráveis e vídeos cansativos (a exemplo de Conspiração, de Zhou Xiaohu, e de 8848-1.86, de Xu Zhen). Ironicamente, os melhores trabalhos possuem paralelos com a produção ocidental. Caso dos enormes óleos de Yin Zhaoyang, de inflexão expressionista abstrata, e dos retratos de Wang Jin. Prorrogada até 24/04/2011
    Saiba mais
  • A exposição do trabalho do fotógrafo Cláudio Lira reúne 30 fotografias, que destacam a alegria e a emoção dos grupos da Associação Independente Cultural da Velha Guarda do Samba do Estado de São Paulo. Todas as obras são frutos da cobertura do Carnaval de 2010. De 23/02 a 12/03/2011.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO