Cinema

'As Tartarugas Ninja' e mais filmes para ver com as crianças

O Menino no Espelho também está entre as opções

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

As Tartarugas Ninja
'As Tartarugas Ninja': Mestre Splinter, os quatro heróis e Megan Fox, efeitos visuais impressionantes (Foto: Divulgação)

Os cinemas trazem nesta semana três opções para a garotada. Uma delas é o clássico As Tartarugas Ninja. O filme ressuscita no cinema personagens dos anos 80 praticamente esquecidos. O que poderia ser um fracasso foi um tiro certeiro e a história volta às origens para explicar o surgimento dos heróis.

Também ocupam as telas O que Será de Nozes? e O Menino no Espelho. Abaixo, confira a lista completa e os locais e horários das sessões:

  • Lançado em 1982, o livro homônimo de Fernando Sabino ganhou uma morna adaptação para o cinema. Há algo de nostálgico na trama, que pode agradar à plateia adulta, e travessuras do protagonista mirim, feitas para cair no gosto da criançada. A aventura, contudo, é de altos e baixos e, assim como outros filmes infantis do gênero (como Eu e Meu Guarda-Chuva), não consegue causar empatia com o espectador. Ambientada no fim dos anos 30, a trama foca o garoto Fernando, interpretado pelo talentoso Lino Facioli. Ele está cansado de obedeceraos pais (Mateus Solano e Regiane Alves) e adoraria ter um clone para seguir as obrigações diárias. Certo dia, diante do espelho, a magia se faz presente e uma cópia surge à sua frente. Trata-se de Odnanref, um sósia disposto a substituir o original. Estreou em 7/8/2014.
    Saiba mais
  • O canadense Peter Lepeniotis trabalhou em animações da Disney e, em seu segundo longa-metragem fora do estúdio, foi buscar algumas referências no passado — a principal delas está nos traços do ratinho, muito semelhantes aos de Remy, de Ratatouille (2007). A força do filme, contudo, vem da agilidade na ação e das piadas espirituosas. Na trama, os esquilos de um parque precisam se abastecer de comida para a chegada do inverno. Surly, o protagonista, causa um acidente com um carrinho de amendoins e é expulso do bando. Obstinado em dar a volta por cima, ele descobre uma loja que vende castanhas e nozes. Mas o lugar serve apenas de fachada para um grupo de ladrões que planeja um assalto subterrâneo. Junto do rato Buddy, Surly tenta encontrar maneiras de driblar a desconfiança de uma cachorrinha da raça pug, que pertence a um dos criminosos, para conseguir levar a comida. Não saia antes dos créditos. Para finalizar, o diretor fez uma versão animada do cantor sul-coreano Psy para todos os personagens dançarem ao som do hit Gangnam Style. A criançada vai vibrar. Estreou em 14/8/2014.
    Saiba mais
  • Ressuscitar no cinema personagens dos anos 80 praticamente esquecidos poderia ser um fracasso retumbante. Mas o resultado das bilheterias na estreia de As Tartarugas Ninja nos Estados Unidos comprovou que o tiro foi certeiro. A história volta às origens para explicar o surgimento dos heróis. Um teste experimental fez com que quatro tartarugas mutantes fossem jogadas no esgoto de Nova York. Criadas por um rato, o Mestre Splinter, elas são treinadas para lutar como ninjas. Adolescentes, passam a agir na surdina para combater os crimes cometidos pelo vilão Destruidor e seu Clã do Pé. Mas o segredo de Leonardo, Michelangelo, Donatello e Raphael pode estar por um fio quando a jornalista April O’Neil (Megan Fox) decide investigar quem seriam os benfeitores anônimos. O diretor Jonathan Liebesman tem dois filmes que mancham seu currículo, Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles e Fúria de Titãs 2. Aqui, porém, apoiado pelo produtor Michael Bay (o Midas por trás da cinessérie Transformers), se dá bem melhor. Além de um roteiro de piadas bem-humoradas, há cenas de ação de tirar o chapéu — uma delas ocorre durante uma avalanche. A surpresa, contudo, reside nos protagonistas, frutos de uma computação gráfica magnífica. A fita vai agradar a adultos e crianças. Estreou em 14/8/2014.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO