Memória

Carros à venda pela televisão

A Feira Livre do Automóvel foi responsável por 3 milhões de vendas em seus quarentas anos

Por: Maurício Xavier Ccom reportagem de Ricardo Rossetto)

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Em 18 de agosto de 1974, inspirado por atrações similares da televisão americana, o humorista Walter Ribeiro dos Santos criou o programa Feira Livre do Automóvel na TV Gazeta. Ao vivo da Praça Charles Miller, nas manhãs de domingo, ele intermediava negociações no primeiro ponto de encontro para venda de carros usados no Brasil. Na estreia, 2 000 veículos ficaram expostos: os modelos mais procurados eram Fusca (oferecido por cerca 6 000 reais, em valores corrigidos), Kombi e Corcel.

+ Projeto retrata as faces das ruas de São Paulo

+ Exposição "Pérolas" ocupa do Museu de Arte Brasileira

Em 1982, o evento foi transferido para o Anhembi, onde é realizado até hoje, em um estacionamento com 4 500 vagas. Ao longo de quarenta anos houve cerca de 24 milhões de visitantes, e 3 milhões de transações foram concretizadas. “Somos apenas uma vitrine, os negócios costumam ser fechados durante a semana”, diz o diretor Luiz Eduardo Ribeiro dos Santos, neto do criador da feira.

+ Hotéis paulistanos estão com diárias 15% mais baratas

+ Série mostra espaços bacanas para andar de skate em São Paulo

Fonte: VEJA SÃO PAULO