Consumo

Artesanato hipster faz sucesso em feiras com clima de balada

Peças descoladas são vendidas em eventos como a Jardim Secreto Fair

Por: Sophia Braun

Jardim Secreto Fair
Jardim Secreto: 150 expositores no Bixiga (Foto: Marcos Bacon)

Nem bijuterias de miçanga nem bolsinhas de tricô. O tipo de artesanato em evidência na cidade tem pegada moderninha e está atento às tendências de moda e design. “São itens que poderiam aparecer em lojas de shopping”, diz a artista Karen Suehiro, de 27 anos, à frente do ateliê Amora Papel. Há cerca de um ano, ela produz caprichados cadernos feitos a mão (da ilustração da capa à costura do miolo) e vende por até 55 reais a unidade em descoladas feiras itinerantes.

+ As Boas Compras: itens de estilo hipster

A atração mais concorrida do gênero é a Jardim Secreto Fair, que reúne desde 2013 marcas autorais de roupas, acessórios e objetos de decoração em espaços ao ar livre. “Queremos valorizar a produção local e o consumo sustentável”, diz Claudia Kievel, uma das organizadoras. A mais recente edição, realizada no último dia 11, foi também a maior: levou 150 expositores à Praça Dom Orione, no Bixiga. “Havia aproximadamente 500 interessados em participar, mas não tínhamos vagas para todos”, afirma Claudia.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Conhecido por sediar um bazar de antiguidades aos domingos, o largo ganhou ares bem diferentes durante o evento. O projeto costuma receber jovens de visual alternativo-chique (com um quê vintage, no melhor estilo hipster), incluindo garotas vestindo roupas de brechó e rapazes barbudos. Antes ou depois de circular pelas barracas, a turma curte apresentações de rock enquanto toma cerveja long neck e saboreia comidinhas.

+ Sete festas juninas para levar seu amigo hipster

Nos estandes desses eventos, têm presença cativa cosméticos veganos e vasos com cactos e suculentas, plantas que não precisam de muita água para viver e estão em alta entre os antenados. Itens comuns ganham nova roupagem. A marca Mermeleia traz geleias caseiras em potes de vidro decorados com logotipos modernos e envoltos em papel craft. Para os empreendedores, que muitas vezes atuam apenas por meio de encomendas e e-commerce, as feiras representam uma vitrine. Eles chegam a faturar mais de 1 000 reais ao fim de cada evento.

Neste sábado, 25, das 13 às 20 horas, ocorre a Fêra Féra, na Praça Abelardo Rocas, no Sumaré. A próxima edição da Jardim Secreto Fair está prometida para 24 de setembro, no Museu da Imagem e do Som. Quem dispensa o clima de balada encontra no Mercado Manual boa opção de passeio em 2 e 3 desetembro. O projeto levará mais de oitenta artesãos ao Museu da Casa Brasileira.

Fonte: VEJA SÃO PAULO