Comportamento

Fãs se mobilizam para receber exposição baseada em Star Wars

Fanáticos por Guerra nas Estrelas vão se reunir no Parque do Ibirapuera para feira sobre saga de George Lucas

Por: Filipe Vilicic - Atualizado em

Seres vindos de uma galáxia muito, muito distante planejam invadir o Parque do Ibirapuera. Tropas de cavaleiros jedis (os mocinhos da história), lordes Sith (os malvados), stormtroopers, Darth Vaders e C3-POs devem desembarcar no prédio da Bienal a partir de quarta (5). A Star Wars Exposição Brasil toma os 1500 metros quadrados do Porão das Artes com 200 peças utilizadas nos seis longas-metragens da série Guerra nas Estrelas, criada pelo cineasta George Lucas em 1977. No acervo, há quatro naves em tamanho real (a Starfighter, por exemplo, tem mais de 5 metros de comprimento) e uma maquete gigante do caça Rebel X-Wing. Em visitas agendadas, a criançada poderá aprender a lutar com sabres de luz (espécie de espada de policarbonato) na chamada Escola Jedi.

Admiradores trajados como os principais personagens da saga estarão lá, com a postura de quem vai salvar o universo. Dono de uma fantasia de Obi-Wan Kenobi, um dos heróis dos filmes, o assistente comercial Marcelo Forchin, de 36 anos, pretende conferir a mostra ao menos dez vezes. "Só não penso em Star Wars quando estou dormindo", exagera. Presidente do fã-clube Conselho Jedi São Paulo, o maior do Brasil, com quase 6000 afiliados, Forchin promete levar à exposição 200 aficionados no primeiro dia. "Ao menos quarenta vão vestidos de Han Solo, Darth Maul, Boba Fett e outras figuras de Guerra nas Estrelas", conta. Ele e a namorada têm uma coleção com cerca de 1000 itens da série, entre chaveiros, bonecos e fantasias.

O dentista Rodrigo Costa Moreno é outro fãzaço. Reúne-se nos fins de semana no Centro Cultural São Paulo com cinco amigos para treinar luta de sabres de luz. No ano passado, entre uma obturação e outra, pagou 650 reais por uma miniatura da nave pilotada por Darth Vader em Uma Nova Esperança. "Existem apenas 5000 exemplares desses no mundo", orgulha-se Moreno, dono de 525 artigos da série, que, lógico, vai ao Ibirapuera no primeiro dia da exposição. "Lamento que não haja nenhum boneco do mestre Yoda." Não raro essa turma de fanáticos incorpora seus ídolos e conversa utilizando expressões dos filmes como "estou dark side" (significa que acordou de mau humor) ou "a Força esteja com você!". Numa hora dessas, eles vão entrar em órbita.

• Star Wars Exposição Brasil. Porão das Artes da Fundação Bienal. Parque do Ibirapuera, portão 3. Informações, 4003-1212. Segunda a domingo, das 9h às 22h. R$ 30,00 e R$ 40,00 (com hora marcada). Até 29 de junho.

Fonte: VEJA SÃO PAULO