Patrimônio

Fachada do Teatro Municipal é pichada

Secretaria de Cultura não revelou quanto será gasto para a limpeza; prédio é o terceiro no mês a ser alvo de vandalismo

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Teatro Municipal Pichado - 17Out13 - X
Lateral do Teatro Municipal: prédico histórico foi pichado na madrugada de quarta (16) (Foto: Reprodução TV Globo)

O Teatro Municipal foi o novo alvo de pichadores na madrugada desta quarta-feira (16), e amanheceu com a fachada tomada por letras gigantes. O prédio, cartão postal da cidade, que teve projeto realizado pelo escritório de Ramos de Azevedo, fica na região central. Segundo a Secretaria de Cultura, a limpeza deve ser concluída nesta quinta (17).

+ Cartões-postais são pichados após nova onda de protestos

A Secretaria não informou qual será o custo para realizar o trabalho. Disse apenas que o custo mensal de conservação de todos os monumentos públicos na capital paulista é de 319.040,32 reais.

O Municipal é o terceiro alvo patrimonial de pichadores somente neste mês de outubro. Nos dias 1º e 2, o Monumento às Bandeiras foi pichado duas vezes por manifestantes que protestavam contra a PEC 215, que tira do poder executivo a responsabilidade sobre a delimitação de áreas indígenas no Brasil.

Já no dia 7, segunda-feira, foi a vez de duas colunas do Masp amanhecerem cobertas de tinta branca. A assessoria disse que não era possível saber se o ato foi feito por manifestantes.

Fonte: VEJA SÃO PAULO