Criminalidade

Polícia afirma que esfaqueador do Brás confessou quatro mortes

Surpresos, colegas de trabalho destacam que Aílton Isaías da Silva era muito dedicado; funcionário de bar diz que ele é “agitado”

Por: Luan Flávio Freires - Atualizado em

A polícia confirmou no início da noite desta quinta-feira (6) que Airton Isaías da Silva confessou em depoimento ter esfaqueado no pescoço e matado quatro vítimas na região do Brás. Por conta disso, ele teve a prisão preventiva decretada. Uma pessoa dedicada no trabalho e alegre, mas um pouco agitada. Essas são as características destacadas por conhecidos do pernambucano de 19 anos, preso na noite de quarta-feira (5) suspeito de ser o esfaqueador do Brás. Os crimes aconteceram entre os dias 23 de fevereiro e 2 de março.  Imagens de câmeras de segurança levaram a polícia até o rapaz, que foi detido e encaminhado para o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

+ Suspeito de assassinatos em série no Brás é preso

Ele está em São Paulo desde janeiro. Silva mora em um cômodo em uma vila na Rua Conselheiro Belisario, mesmo local onde as câmeras de segurança flagraram uma pessoa esfaqueando uma das vítimas. A residência é de propriedade da dona do comércio onde o rapaz trabalha. 

Colegas que não quiseram se identificar afirmaram que Galego, como Silva é conhecido, é um “bom funcionário”. Ajudante geral, ele costumava executar todas as tarefas solicitadas sem reclamar, “sempre alegre”.

+"Vou sair daqui e cuidar da criança", diz mãe que jogou bebê no lixo

Um dos colegas conseguiu falar por telefone com a mãe do suspeito. Ao ligar de Pernambuco, ela perguntou se era verdade que o filho estava detido. “Ela falou que ele nunca teve problemas graves. Somente quando menor foi detido por desacato, coisa de adolescente.”

Em um bar onde Silva costumava comer, funcionários afirmaram que ele era muito reservado, mas agitado. “Era conhecido como a pessoa que costumava sempre furar fila”, comentou um dos entrevistados que preferiu não se identificar.

Fonte: VEJA SÃO PAULO