EDUCAÇÃO

Conteúdos específicos e questões trabalhosas: o segundo dia do Enem 2015

Alunos enfrentaram textos longos e perguntas específicas sobre artes plásticas. MEC divulga gabarito até a próxima quarta (28)

Por: Veja São Paulo

Enem 2015
Estudantes aguardam próximo aos portões antes das provas do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015, na faculdade Univove, campu Barra Funda em São Paulo, SP, neste sábado (24) (Foto: Renato Ribeiro Silva/Futura Press/Folhapress)

O segundo dia de provas do Enem 2015 foi muito mais trabalhoso para os alunos do que o primeiro dia do exame. Essa é a avaliação dos professores do Curso e Colégio Objetivo e do Grupo Etapa, que fizeram uma análise dos temas abordados para VEJA São Paulo. De acordo com os docentes, as cinco horas e meia não foram suficientes para responder todas as questões e produzir a redação. 

+ Selfie, crise hídrica e estado islâmico: saiba como foi o primeiro dia do Enem 2015

+ Os melhores memes dos atrasados para o primeiro dia do Enem 2015

A prova aplicada neste domingo (25) apresentava 95 questões. As primeiras cinco delas, de inglês ou espanhol, possuiam um bom nível, que "exigiu competência de leitura e domínio de vocabulário", comentou a professora Vera Antunes, do Curso e Colégio Objetivo. Tirinhas, poemas e reportagens foram usadas para testar o nível de conhecimento dos alunos.

Naa questões da língua espanhola, um texto sobre a violência contra a mulher já preparava os estudantes para o tema da redação. "Se comparada à prova de inglês, a de espanhol é um pouco mais difícil", comenta Edmilson Motta, coordenado geral do Colégio Etapa. 

+ Violência contra  mulher é tema da redação do Enem 2015

Português contava com 45 perguntas. De acordo com Antunes,  a prova foi "cansativa, com muita leitura, textos extensos e, em algumas situações, o conteúdo da leitura não era suficiente para o aluno chegar a uma resposta". Questões sobre artes plásticas exigiram conhecimentos específicos dos examinados -- o pintor René Magritte foi um dos destaques e, em um teste mais complexo, era preciso explicar como a arte africana influenciou os trabalhos de Picasso. 

As 45 questões de matemática mostraram a "maturidade do Enem como exame para ingresso na universidade", comenta Motta. Com exigência acima do tradicional, dez testes "nível FUVEST" se destacaram. Os alunos também precisaram caprichar na interpretação de texto para resolver as questões de geometria e álgebra básica -- e apenas uma questão envolvendo juros pode ser observada na prova. 

Durante as cinco horas e meia de exame, os estudantes ainda precisaram escrever uma redação sobre a violência contra a mulher -- você pode saber mais sobre o tema, classificado como mais fácil do que o do ano passado, neste link

O gabarito oficial do Enem será divulgado pelo MEC até a próxima quarta-feira (28).

Fonte: VEJA SÃO PAULO