#Buraqueira

Em uma semana, prefeitura tapou 48 dos cinquenta buracos grafitados

Ação de VEJA SÃO PAULO com artistas de rua continua: envie seu buraco por email o por redes sociais

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

buraqueira butanta fechado
Avenida Doutor Vital Brasil, no Butantã: o conserto substituiu a cratera com lixo (Foto: Fernando Moraes)

As ruas de São Paulo continuam bem longe de se transformar em tapete para os veículos. Mas a ação de VEJA SÃO PAULO, em parceria com onze artistas, de grafitar buracos espalhados pela capital, retratada na capa da edição da semana passada, ajudou a chamar atenção para o problema. Dos cinquenta que sofreram intervenção, 48 foram fechados até quinta (10). A prefeitura prometia resolver os dois pendentes na sexta. “Espero que ela continue agindo assim de forma rápida”, afirma Alexandre Cravo, mais conhecido como Cusco Rebel, um dos participantes do projeto. Os moradores das regiões atendidas ficaram aliviados com a ação. “O caso estava sem solução fazia mais de três meses”, conta Danilo Cardoso Paiva, funcionário do estacionamento localizado ao lado da cratera que existia na faixa de ônibus da Avenida Doutor Vital Brasil, no Butantã.

+ Mapa interativo da #buraqueira

A administração municipal diz que costuma tapar os buracos em um prazo de cinco dias após a emissão da ordem de serviço. A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, responsável pelo assunto, não sabe precisar, entretanto,qual é o tempo médio decorrido entre a reclamação do contribuinte e a resolução do problema. Em 2013, o orçamento destinado à área é de 51,5 milhões de reais. O site VEJASAOPAULO.COM seguirá atualizando um mapa interativo com a localização de outros rombos, apontados pelos leitores. Para participar, basta encaminhar a imagem do flagra, com o respectivo endereço, para o e-mail buraqueira@abril.com.br. É possível também postar a foto no Instagram com a hashtag #buraqueira.

Fonte: VEJA SÃO PAULO