política

Dilma supera Collor em índice de reprovação, diz Datafolha

Governo da petista é rejeitado por 71%, recorde da série histórica do instituto 

Por: Veja São Paulo

Dilma Roussef
A presidente Dilma Rousseff: recorde de reprovação (Foto: Renato Costa/Folhapress)

Dilma Rousseff (PT) atingiu 71% de reprovação, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta (6) pelo jornal Folha de S.Paulo. Com o índice, a petista tornou-se a com a maior taxa de reprovação, superando Fernando Collor de Mello. O levantamento também mostra que apenas 8% dos entrevistados aprovam seu governo.

+ Russomano e Datena disputariam segundo turno em São Paulo, diz pesquisa

Na sondagem anterior, realizada em junho, 65% dos entrevistados haviam avaliado o governo Dilma como ruim ou péssimo. A parcela daqueles que consideram o desempenho da petista ótimo ou bom variou para baixo, dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais. Passou de 10%, em junho, para 8%, em agosto.

+ Confira as últimas notícias

Também houve piora no cenário que diz respeito a um pedido de impeachment. A maior parte dos entrevistados (66%) disse que o Congresso deveria abrir o processo para afastá-la do cargo. Na pesquisa anterior, feita em abril, o índice era de 63%.

Os resultados do Datafolha desta semana são os piores de um presidente desde que o instituto começou a série de pesquisas em âmbito nacional, em 1990, no governo Collor.

O Datafolha entrevistou 3.358 pessoas com 16 anos ou mais em 201 municípios nas cinco regiões do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO