Pechincha

14 peças com ingressos mais baratos

Dramas, tragédias, comédias e musicais estão na lista de espetáculos que possuem apresentações com preços promocionais

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Senhora dos afogados
Senhora dos Afogados, tragédia escrita por Nelson Rodrigues, tem até uma seção gratuita. (Foto: Guto Marques)

Para economizar no teatro, basta ficar atento às sessões com preços promocionais, como a do espetáculo Hamlet, com Thiago Lacerda, que terá ingressos mais baratos às sextas. Confira a seleção de 15 espetáculos.

+ seleção de comédia stand-up

+ 105 peças em cartaz

+ peças que encerram temporada

Hamlet

Sessão mais barata: sexta (R$ 40,00)

Com direção de Ron Daniels, que volta a encenar um espetáculo no Brasil desde Rei Lear, em 2000, o galã Thiago Lacerda encara um dos mais clássicos e desafiantes personagens da história do teatro. O elenco também conta com Antonio Petrin (fantasma do Rei da Dinamarca), Anna Guilhermina (Ofélia), Eduardo Semerjian (Claudio), Selma Egrei (Gertrudes) e Roney Facchini (Polônio).

 

Raimunda, Raimunda

Sessões mais baratas: sexta e domingo (R$ 50,00)

Para comemorar seus cinquenta anos de carreira, a atriz Regina Duarte volta aos palcos com um desafio extra: além de protagonizar, ela estreia como diretora em Raimunda, Raimunda. A comédia envolve, em dois atos, os textos Ramanda e Rudá e Raimunda Pinto, ambos do autor piauiense Francisco Pereira da Silva. No primeiro, uma mulher enfrenta um futuro devastado tendo sempre a parceria de um hermafrodita. O outro, em tom de épico sertanejo, narra a história de uma cearense que decide abandonar sua terra para ser enfermeira no Rio de Janeiro.

 

Atrás do Pano

Sessão mais barata: sexta (R$ 20,00)

A comédia aborda os bastidores de um espetáculo teatral. Em um exercício de metalinguagem, a plateia acompanha as peripécias de uma trupe de artistas — os atores Tadeu Di Pyetro, Fábio Espósito, Gustavo Had dad, William Amaral, Cleber Tolini e a autora — desde o ensaio até a estreia.

 

Camille e Rodin

Sessão mais barata: sexta (R$ 20,00)

Criado pelo autor paulistano Franz Keppler, o drama inédito traz à tona o relacionamento de quinze anos entre o escultor Auguste Rodin (1840-1917) e sua discípula Camille Claudel (1864-1943). Recém-chegada a Paris, a jovem Camille (interpretada por Melissa Vettore) torna-se amante de Rodin (papel de Leopoldo Pacheco). A intuição dela e o apuro técnico dele criam um embate marcado pela competitividade e pelas diferentes visões de geração e do amor.

 

Casal TPM

Sessão mais barata: domingo (R$ 40,00)

No centro da comédia está a rotina de um casal. Os altos e baixos da paixão, a rivalidade na hora de pagar as contas e a impaciência diante das diferenças fazendo do cotidiano uma bomba-relógio. Nada é muito surpreendente na abordagem do tema. O carisma e o timing de Paula Giannini como protagonista, no entanto, divertem parte da plateia. Com Amauri Ernani, também diretor.

 

Como Se Tornar Uma Supermãe em 10 Lições

Sessões mais baratas: sexta e domingo (R$ 50,00)

Protagonizada por Eva Todor entre 1989 e 1991, a comédia inspirada no livro Manual da Mãe Judia, de Dan Greenburg, ganha remontagem com a atriz Ana Lúcia Torre. Ela interpreta uma senhora judia capaz de qualquer sacrifício para proteger o filho (Kiko Marques). Durante uma palestra, o rapaz relembra a relação com a mãe.

 

Doze Homens e Uma Sentença

Sessões mais baratas: sexta e domingo (R$ 60,00)

Criado para um teleteatro, o drama ganhou projeção graças ao filme de Sidney Lumet, produzido em 1957. A história de uma dúzia de sujeitos encarregados de chegar a um veredicto é montada sob a direção de Eduardo Tolentino de Araújo. O réu foi acusado de assassinar o pai, e a decisão precisa ser unânime para executá-lo ou absolvê-lo. Todo o conflito começa quando um dos doze jurados (o ator Henri Pagnoncelli) opta pela dissonância e abala a convicção do grupo, até então decidido pela condenação.

 

O Expresso do Pôr do Sol

Sessão mais barata: sexta (R$ 40,00)

Fábio Assunção estreia na direção teatral com a adaptação de The Sunset Limited, do autor de Onde os Fracos Não Têm Vez,  Cormac McCarthy. O drama explora a relação entre dois homens de passados distintos. Black é um ex-presidiário e fundamentalista evangélico, o oposto de White, um professor ateu. Black (interpretado por Guilherme Sant’Anna) salva White (papel de Cacá Amaral) de uma tentativa de suicídio e o leva para seu apartamento, onde é desenvolvida a ação.

 

A Família Addams

Sessões mais baratas: quinta, sexta e domingo às 20h (de R$ 80,00 a R$ 230,00)

Inspirado nos quadrinhos do cartunista Charles Addams, o musical estreou na Broadway em 2010 e ganha a primeira montagem internacional. Trata-se de uma diversão certa, com uma história cativante, que reúne temas como amor, fidelidade e adaptação às diferenças. A produção traz Marisa Orth e Daniel Boaventura à frente de 27 atores e doze instrumentistas. Na trama, o clã liderado por Morticia (papel de Marisa) e Gomez (Boaventura, impagável) passa por um momento de crise. Vandinha (Laura Lobo) arrumou um namorado “normal” e quer marcar um jantar para apresentá-lo aos pais um tanto esquisitos.

 

O Incrível Dr. Green

Sessões mais baratas: sexta e domingo (R$ 30,00)

Ambientada em uma clínica de estética, a comédia musical interessa por trazer um tema atual: a obsessão das mulheres por tratamentos de beleza. Uma atriz setentona (interpretada por Nyrce Levin), uma mulher que acaba de ter bebê (a atriz Gabriela Alves) e uma jovem feia e gorducha (vivida por Amanda Acosta, caracterizada e irreconhecível) disputam um horário na agenda do médico. Uma ex-gorda (papel de Nany People) também bate ponto por lá, vendendo sementes para emagrecer.

 

Maria do Caritó

Sessão mais barata: sexta (R$ 30,00)

Lilia Cabral interpreta com carisma uma solteirona às vésperas de completar 50 anos. Prometida ao fictício São Djalminha depois de um parto difícil, a personagem-título leva seus dias em meio a simpatias em busca de casamento. A vida ganha entusiasmo extra quando um circo chega à cidade — afinal, uma cartomante garantiu a ela que seu pretendente seria um homem de fora. Como em O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, e tantos outros textos populares, o roteiro mescla as tradições e as crendices do povo nordestino com o cristianismo.

 

Mulheres Alteradas

Sessões mais baratas: sexta e domingo (R$ 50,00)

A argentina Maitena Burundarena conquistou leitores pelo mundo com a exata noção de quanto as mulheres podem perturbar o sexo oposto quando se “alteram”. Se Maitena transmite isso nas charges, a montagem dirigida por Eduardo Figueiredo é fiel ao espírito da desenhista. Tania Alves, Mel Lisboa e Flávia Monteiro interpretam uma síntese desse universo por meio de três personagens. Norma (Tania), uma executiva mãe de adolescentes, volta a engravidar. Sua amiga Lisa (vivida por Flávia) sofre ao descobrir um nódulo no seio, enquanto a alienada Alice (Mel) sonha com um amor.

 

Por Pouco

Sessões mais baratas: sexta e domingo (R$ 30,00)

Ilvio Amaral e Maurício Ganguçu interpretam dois senhores internados em um hospital que recebem uma má notícia: restam para ambos poucos dias de vida. A dupla decide fugir e aproveitar ao máximo os últimos momentos, corrigindo erros do passado e procurando um objetivo que dignifique o fim.

 

Senhora dos Afogados

Sessão mais barata: sexta (grátis)

O diretor Zé Henrique de Paula foi corajoso ao transformar em musical a tragédia de 1947. A história de dona Eduarda (Einat Falbel) e Misael (Tony Giusti), que acabam de perder a filha caçula, está intacta. Pedaço de Mim e A Ostra e o Vento, de Chico Buarque, e A Ilha, de Djavan, figuram entre as onze canções inseridas na trama. Interpretadas pelo elenco na companhia de Fernanda Maia ao piano e Luciana Rosa no violoncelo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO