publicidade

Diversão

Roteiro de boliches para curtir em São Paulo

Shopping West Plaza inaugura espaço com vinte pistas e simulador de golfe; cidade recebe campeonatos oficiais todos os anos

30.mar.2011 | Atualizada em 19.fev.2014 por Leonam Bernardo

Esporte tão divertido quanto antigo, o ato de arremessar bolas contra pinos já fazia parte das brincadeiras de crianças egípcias em 1300 a.C., segundo registros arqueológicos. Em São Paulo, o boliche pode ser praticado hoje tanto como um hobby para reunir amigos quanto em disputas profissionais. A cidade reúne mais de 300 pistas e recebe campeonatos oficiais todos os anos.

+ Dicas ajudam quem quer aprender a jogar boliche

Segundo dados da Confederação Brasileira de Boliche (CBBOL), no estado são mais de 600 mil praticantes todos os meses, 2.000 deles de forma profissional ou competitiva. “Estão abrindo mais pistas do que fechando. Acredito que o boliche esteja crescendo bastante. Muitas federações estão se reorganizando”, afirma Geraldo Couto, presidente da entidade.

A CBBOL diz que, só na capital do estado, existem atualmente vinte casas de boliches, que somam as mais de 300 pistas em funcionamento. “Apenas em São Paulo são realizados nove campeonatos oficiais todo ano”, explica Couto.

Confira uma lista com seis lugares bacanas para jogar boliche na cidade:

Villa Bowlling

A casa inaugurou em dezembro uma nova unidade no Shopping West Plaza com vinte pistas totalmente modernizadas. Além do espaço para jogar boliche, o estabelecimento tem uma academia de golfe com simulador onde é possível treinar umas tacadas em um cenário virtual. A outra unidade fica no Shopping Vila Olímpia e dispõe de doze pistas de tamanho oficial. O sapato não está incluído e o aluguel custa de 2,50 a 4,00 reais. Os preços para jogar variam de 76,00 a 156,00 reais, dependendo do dia da semana. Atendentes estão preparados para passar as noções básicas do esporte aos iniciantes.

Dragon Bowling

Localizado no Shopping Center Norte, o lugar dispõe de 24 pistas que, quando preenchidas simultaneamente, podem receber até 144 jogadores. Os preços de utilização por hora variam de 48 a 84 reais, dependendo do horário e do dia da semana. O valor já inclui a utilização do calçado especial e obrigatório para a pista.

Tiger Bowling

Das 24 pistas do local (de 51 a 81 reais a hora), seis podem ter suas canaletas bloqueadas, para facilitar a diversão dos pequenos — isso faz com que a bola sempre acerte os pinos em vez de fugir pela lateral. Uma loja anexa vende apetrechos para quem quer levar o esporte a sério, como bolas, luvas, sapatos e bolsas.

Strike Bowling

O preço de utilização de uma das 20 pistas varia de 76 a 96 reais, dependendo do dia e horário. A opção de canaleta levantada para facilitar a jogada só vale para crianças até 10 anos. Aos sábados, depois das 22h, não estranhe se as luzes forem apagadas e substituídas pelas de neon, com música ambiente mais animada: é quando começa a Balada Bowling, com chope Itaipava a 5 reais.

SP Diversões

O espaço, que reúne opções de fliperamas, mesas de sinuca e outras atrações, conta com doze pistas de boliche — cada uma comporta até seis jogadores por partida. Os preços, cobrados por hora de utilização, variam de 49,90 a 79,90 reais.

publicidade

Avaliação de VEJA SP

Não foi avaliado

Avaliação de VEJA SP

Péssimo

Avaliação de VEJA SP

Fraco

Avaliação de VEJA SP

Regular

Avaliação de VEJA SP

Bom

Avaliação de VEJA SP

Muito bom

Avaliação de VEJA SP

Excelente

Avaliação dos usuários

Ainda não foi avaliado

Avaliação dos usuários

Péssimo

Avaliação dos usuários

Fraco

Avaliação dos usuários

Regular

Avaliação dos usuários

Bom

Avaliação dos usuários

Muito bom

Avaliação dos usuários

Excelente

Avaliação do usuário

Péssimo

Avaliação do usuário

Fraco

Avaliação do usuário

Regular

Avaliação do usuário

Bom

Avaliação do usuário

Muito bom

Avaliação do usuário

Excelente

Péssimo

Fraco

Regular

Bom

Muito bom

Excelente

Comente

Envie por e-mail