Trânsito

Motorista que atropelou ciclista na Zona Sul estava embriagado, diz PM

Porteiro de 49 anos morreu no hospital; condutor foi preso em flagrante com sinais de embriaguez, segundo a polícia

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM

Rua Carlos Lacerda
Rua Carlos Lacerda, no Campo Limpo: local do acidente (Foto: Reprodução)

Um ciclista morreu após ser atropelado na madrugada de sábado (27) no Campo Limpo (Zona Sul). Segundo a Polícia Militar, o motorista afirmou ter bebido momentos antes do acidente e apresentava sinais de embriaguez.  

Por volta das 4h50, o porteiro Luiz Gonzaga Possi da Silva, 49 anos,seguia de bicicleta pela rua Carlos Lacerda, no Campo Limpo, quando foi atropelado. O motorista, o torneiro mecânico Jurandir Afonso do Nascimento, 37, guiava um Fiat Strada na contramão, de acordo com o boletim de ocorrência. Ele fugiu sem prestar socorros à vítima, mas foi preso pela polícia. O caso foi registrado no 89º Distrito Policial (Morumbi).

Levado a um hosplital da região, o porteiro não resistiu aos ferimentos. Mais tarde, segundo a polícia, Nascimento confirmou ter bebido duas latas de cerveja momentos antes do acidente. 

Outro caso

No dia 10 de março, o universitário Alex Siwek atropelou o limpador de vidros David Santos Souza, que ia de bicicleta para o trabalho. Souza estava na ciclofaixa de lazer e, segundo testemunhas, o motorista dirigia em zigue-zague. No acidente, o braço de Souza foi decepado e jogado por Siwek em um córrego. O motorista se apresentou à polícia e ficou preso por 11 dias na Penitenciária Doutor José Augusto Salgado de Tremembé, no interior do estado, mas recebeu uma liminar para responder ao caso em liberdade.

Fonte: VEJA SÃO PAULO