Opinião do Leitor

Cartas da edição 2497

Por: Veja São Paulo

CAPA EDIÇÃO 2497
(Foto: Veja São Paulo)

Vereadores

Excelente a reportagem de capa da última semana, que traz o preocupante alerta de que 51% dos candidatos não têm nível universitário (“Quem quer ser vereador”, 28 de setembro). As propostas revelam que vários deles estão mais interessados em apenas aparecer para as câmeras. Mas nesse meio ainda existem boas opções. Precisamos acreditar na boa política, analisar as plataformas sérias e votar nos melhores. Temos nas mãos o poder de escolher o melhor para São Paulo. Flávio Nasser

O eleitor precisa entender que tão importante quanto escolher o melhor prefeito é saber selecionar os melhores vereadores. Ao ler a reportagem, fico em dúvida sobre qual contribuição muitos dos retratados podem dar para a melhora coletiva da nossa cidade. Chega de amadores e espertalhões interessados apenas no contra cheque no fim do mês, entre outras benesses que o cargo oferece. Petuel Preda

Animais

Sou frequentador de Paranapiacaba e testemunho o abandono dos cães e o descaso da prefeitura de Santo André (“Deixados ao relento”, 28 de setembro). É desumano o que estão fazendo com os bichinhos de lá. Esperamos providências. Adriano de Castro

Não me assusta a postura do centro de zoonoses de Santo André em relação aos animais abandonados no município. Moro a 200 metros de distância do órgão e minha rua também é um ponto de descarte de cães e gatos idosos ou doentes, que sobrevivem graças à ajuda dos moradores. Tente pedir ao poder público que tome alguma providência e você ficará sem solução para o caso. Sugiro ao próximo prefeito que inclua em sua plataforma a castração dos bichos de rua e adote uma penalidade severa para quem for pego largando um deles por aí. Fany Maria Granata Delalibera

Ivan Angelo

Na página final de VEJA SÃO PAULO, o leitor acaba premiado com uma crônica leve e solta (“A loteria do amor”, 28 de setembro). O escritor nos diverte com a narrativa, discorre a respeito de variedades comportamentais e até inclui trechos históricos antes do otimista arremate. Stela Marxen

Fonte: VEJA SÃO PAULO