Restaurantes

Italiano Biondi, no Itaim, tem o ator Caco Ciocler entre os sócios

Chef do local, Rodolfo de Santis trabalhou no conceituado La Pergola, em Roma

Por: Arnaldo Lorençato - Atualizado em

Biondi 2194
O agradável e ruidoso salão: lotado quase todas as noites (Foto: Fernando Moraes)

Famoso por seu trabalho no teatro e na televisão, o ator Caco Ciocler resolveu investir em gastronomia. Associou-se ao cunhado Bruno Previato e abriu, em outubro, o italiano Biondi. A nova casa, lotada quase todas as noites, dispõe de ambiente agradável, embora suas mesas sejam praticamente coladas umas às outras. Para desenvolver o cardápio, a dupla trouxe o italiano Rodolfo de Santis, de 26 anos. Nascido na região da Puglia, ele integrou por uma breve temporada a equipe do chef alemão Heinz Beck, do formidável La Pergola, o único restaurante três-estrelas pelo “Guia Michelin” em Roma.

Santis obtém resultados equilibrados e é um nome a prestar atenção. Das entradas, aparece uma novidadeira versão da clássica salada caprese (R$ 25,00). À mussarela de búfala tenra, adicionam-se metades de tomate-pera e, além de folhas de manjericão, uma espuma cremosa da erva. De cozimento impecável, o tortelli de rabada chega decorado por lâminas de queijo pecorino (R$ 38,00). Entre os pratos principais, são acertos o risoto de açafrão coroado de tartar de robalo ao pesto de rúcula (R$ 46,00) e o coelho à caçadora guarnecido de espinafre e purê de couve-flor (R$ 52,00). Há ainda um menu degustação por R$ 110,00.

Biondi 2194
Risoto com tartar de robalo ao pesto de rúcula: R$ 46,00 (Foto: Fernando Moraes)

Na sobremesa, prefira o tiramisu (R$ 18,00) ou o semifreddo de avelã (R$ 20,00). A carta de vinhos reúne 120 rótulos, caso do italiano tinto Cirò Librandi 2007 (R$ 89,00), produzido na Calábria.

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO