TORCIDA

Com falta de público, bares diminuem preços de pacotes para os jogos

Caro Amigo Chopp Bar, Bar Brahma e Eu Tu Eles passaram a cobrar menos e criam opções mais baratas

Por: Saulo Yassuda - Atualizado em

Bar Tatu bola - futebol
Ambiente do bar Tatu Bola, que cobra entrada mais barata para a Copa do Mundo (Foto: Dilvulgação)

Se a taxa de ocupação de hotéis está aquém da esperada para a Copa do Mundo -- em maio, apenas 31% das diárias disponíveis em São Paulo haviam sido reservadas, segundo o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) -- a situação também não está fácil para os bares. Alguns endereços da capital têm baixado os preços de pacotes montados para a época do mundial.

O mais caro deles era oferecido pelo Caro Amigo Chopp Bar, por 580 reais, e dava direito a três porções mais dezoito chopes ou seis caipirinhas. Depois de constatar uma procura pequena, o preço desse combo caiu para 420 reais, uma variação de quase 30%, apesar de o número de itens continuar o mesmo. “O pessoal achou caro, e a gente fez uma revisão”, conta Karina Giovanni, sócia do boteco da Vila Clementino. “A situação do país não está das melhores”, justifica.

O estabelecimento também montou um pacote mais em conta aos 45 minutos do segundo tempo. Quatro clientes podem reservar uma mesa por 580 reais (145 reais por pessoa) com os mesmos petiscos e bebidas. “No final das contas, teremos mais gente na casa”, prevê Karina.

Outro estabelecimento que recalculou os preços foi o tradicional Bar Brahma, no centro de São Paulo. O pacote, que custava 170 reais, agora sai por 120 e continua a dar direito aos mesmos itens: água e petiscos à vontade, além de apresentação musical do cantor Naninha e banda. “Achamos que o valor estava pesado. Conseguimos baixá-lo  depois de uma parceria com a AmBev”, diz o proprietário, Álvaro Aoas. “Mas a procura ainda anda baixa”, lamenta. O empresário garante que os torcedores que compraram o convite antes da mudança de preço serão ressarcidos.

Aoas também encontrou uma saída econômica para atrair mais gente. Criou um pacote de 30 reais aos que toparem ficar no boulevard, o terraço do bar. Ali, apenas os petiscos são oferecidos à vontade. Bebidas devem ser pagas à parte.  “Temos vários tipos de cliente, e tentei contemplar todos”, diz .

Caro Amigo Bar
O bem cuidado salão do Caro Amigo: opção para o mundial (Foto: Lucas Lima)

Até preços mais moderados passaram por reajustes. Em dias de jogo, a entrada para os bares Eu Tu Eles e Tatu Bola havia sido anunciada como 80 reais e 90 reais (para mulheres e homens, respectivamente). Após a revisão, os valores caíram para 50 reais e 70 reais e continuam a dar direito ao open bar de cervejas. Marcelo Mello, um dos sócios das casas, garante que conseguiu um novo acordo com a empresa fornecedora de bebidas e repassou benefício à clientela. No entanto, a procura cresceu apenas no último sábado, quando os descontos já estavam em vigor.

Fonte: VEJA SÃO PAULO