Bares

Bar do Cidão: simples e aconchegante

Neste bar, o clima é descontraído e os artistas cantam ao redor de uma mesa

Por: Marcela Besson - Atualizado em

No bar do Cidão, os artistas tocam e cantam em clima descontraído
No bar do Cidão, os artistas tocam e cantam em clima descontraído (Foto: Fernando Moraes)

O modesto bar do ex-caminhoneiro Aparecido Pereira de Melo, o Cidão, tem música ao vivo todos os dias da semana. De tão simples, a casa não tem palco e os artistas tocam e cantam em clima descontraído, entre um gole e outro, ao redor de uma mesa. Sempre a partir das 22h, um público descolado ouve repertório de choro (segunda e sexta) e samba (terça e sábado). Na quarta e na quinta, os dois ritmos se encontram e, finalmente, no domingo, uma roda de samba completa a agenda musical, regada à cerveja de 600 mililitros (Original, Serramalte e Itaipava) e petiscos como frango à passarinho.

Fonte: VEJA SÃO PAULO