Evento

Balada na Livraria Cultura

Unidade da Cultura do Conjunto Nacional promove 37 horas de programas gratuitos

Por: Camila Antunes - Atualizado em

Com 4 300 metros quadrados, pufes e poltronas espalhados entre as estantes, café e teatro de 166 lugares, a Livraria Cultura do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, extrapola o conceito de loja. Integrou-se à rotina do paulistano como boa opção de lazer. Para muitos, gratuito. A exemplo do que acontece também em suas concorrentes, como a Livraria da Vila e a Fnac, nenhum vendedor olha feio se alguém passa horas folheando um livro ou escutando CDs mesmo que saia de mãos vazias. "Queremos que as pessoas descubram prazer nos livros", diz o proprietário, Pedro Herz. "O primeiro passo é trazê-las até aqui." Só nessa unidade (a rede tem outras seis), o caixa registra 58 000 vendas por mês.

Na próxima semana, a livraria deve ficar ainda mais cheia. Das 9 horas de sexta (28) às 22 horas de sábado (29), funcionará ininterruptamente. Trata-se da primeira edição do projeto Vira Cultura, que consiste em 37 horas de programação cultural. Entre as 32 atrações, há de espetáculo de balé da Companhia Cisne Negro a comédia de improvisação do ator Danilo Gentili, do programa CQC. Para crianças, oficina de Lego e teatro de fantoches. Três DJs animarão os baladeiros madrugada adentro. Apresentações de samba de Fabiana Cozza, folk rock com o grupo Vanguart e a orquestra Camerata Fukuda também estão previstos. As atividades que ocorrem periodicamente no local serão integradas ao evento. Tanto o monólogo A Alma Imoral, de Clarice Niskier, quanto a peça infantil Peter Pan e Wendy, encenada pelo grupo Le Plat du Jour, terão ingressos à venda por 10 reais. "Os artistas praticamente abriram mão do cachê", afirma Milena Tincani, gerente de marketing da empresa. "Acreditamos que esse evento vá entrar para o calendário cultural da cidade."

Para anotar na agenda

Destaques entre as 32 atrações grátis previstas da manhã de sexta (28) à noite de sábado (29)

Cinema

Sessão comentada do documentário de Carlos Nader Pan-Cinema Permanente, sobre o poeta Waly Salomão. Sábado, 9h30

Dança

A companhia Cisne Negro apresenta o balé Vem Dançar. Sábado, 17h

Humor

Comédia do grupo Improriso. No elenco, Danilo Gentili, do CQC. Sábado, 14h

Literatura

Danuza Leão brinda com leitores o lançamento do livro Fazendo as Malas. Sábado, 17h30

Leitura dramática de trechos do romance Os Irmãos Karamázov, de Dostoievski, na versão traduzida direto do russo por Paulo Bezerra. Sábado, 19h

Para as crianças

Apresentação de esquetes dos Doutores da Alegria. Sábado, 12h

Para dançar

Roda de samba comandada pela cantora Fabiana Cozza. Sábado, 0h30

Discotecagem dos produtores e DJs Flu, Cello Zero e Fabrizio Martinelli. Sábado, 4h

Shows

Apresentação do grupo Vanguart, sensação de folk rock vinda de Cuiabá (MT). Sábado, 1h30

Paula Lima canta sucessos do DVD SambaChic. Sábado, 19h

Fonte: VEJA SÃO PAULO