Cidade

Grupo propõe Avenida Paulista livre para pedestres aos domingos

Proposta foi entregue nesta segunda (22) ao prefeito Fernando Haddad e secretários

Por: Veja São Paulo

Avenida Paulista - Especial
Avenida Paulista em visão aérea (Foto: Veja São Paulo)

Um grupo de ativistas entregou nesta segunda-feira (22) uma proposta à prefeitura para que uma pista da Avenida Paulista seja reservada para ciclistas e pedestres todos os domingos. A ideia é que a pista livre funcione no mesmo horário da ciclofaixa de lazer, das 7h às 16h, e que a mudança seja feita como teste durante janeiro. Neste período, a prefeitura pretende começar as obras para construção da ciclovia da avenida.

+ Prefeitura libera skate, patins e cadeira de rodas nas ciclovias

No plano elaborado pelas organizações SampaPé e Minha Sampa, a pista sentido Paraíso abrigaria as bicicletas e o restante de faixas ficaria livre para pedestres. No sentido Consolação, a pista seria dividida para que os veículos pudessem se deslocar em ambas as direções. A área de implementação seria entre as ruas Alameda Casa Branca e Padre João Manuel, passando pelos parque Mário Covas e Trianon.

+ Prefeitura anuncia ciclovia de 5 quilômetros sob o Minhocão

"Nosso pedido é que a Paulista Aberta possa ocorrer de forma experimental durante o período de férias e com resultados positivos possa ser permanente aos domingos e ainda ser ampliada para outras regiões de São Paulo carentes de espaços de lazer", explicam no projeto.

+ Confira as últimas notícias

O grupo propõe ainda que a área livre seja ocupada por food trucks ou mobiliário urbano, como o encontrado nas instalações do Centro Aberto. O projeto foi enviado ao prefeito Fernando Haddad, aos secretários Jilmar Tatto (Transportes), Celso Jatene (Esportes) e Fernando de Mello Franco (Desenvolvimento Urbano), ao promotor José Carlos de Freitas, ao presidente da SPturis Wilson Poit e superintendente da CET Ronaldo Tonobohn.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO