Comidinhas

Amorim Chéri: um bistrô de alma doce

Nos Jardins, loja tem alguns pratos salgados e uma atraente vitrine de guloseimas

Por: Helena Galante

Amorim Chéri - COMIDINHAS
Mil-folhas com frutas vermelhas montado na hora (Foto: Mario Rodrigues)

Formada pela escola Le Cordon Bleu de Paris, a carioca Flávia Amorim se especializou em doces para casamentos. Em dezembro, ela trocou as encomendas por uma loja própria na Rua Augusta, a Amorim Chéri. Área comandada por ela, a vitrine de sobremesas fica na entrada do salão. Ali estão guardadas pequenas tentações. O quadrado crocante de avelã e ganache de chocolate meio amargo finalizado por uma amêndoa pode vir em tamanho míni. Custa R$ 3,50. Quem quiser o grande pagará R$ 18,00. Agradam também a cheesecake e a torta de limão e merengue (R$ 3,00 cada unidade míni). Montado na hora, o mil-folhas (R$ 15,00) tem a última camada de massa caramelada no maçarico, como num creme brûlé. O recheio suave de baunilha e uma potente calda de amora, framboesa, morango e mirtilo completam a delícia.

+ Quatro endereços para provar madeleine

+ Tavares combina restaurante, empório e café

+ St. Honoré: misto de restaurante, padaria, rotisseria e confeitaria

Há ainda um pequeno menu de pratos salgados, servido durante todo o dia a partir das 12 horas sob a responsabilidade do chef Valter Roza, ex-Julia Cocina. Uma das melhores opções é a quiche de alho-poró, ricota e queijos gruyère e parmesão (R$ 18,00 meia-porção; R$ 28,00 a inteira). Salada verde ao vinagrete de frutas vermelhas acompanha. Embora saboroso, o chamado ovo cremoso com presunto cru, queijo brie, brócolis e tomate (R$ 27,50) não fez jus ao nome na visita do dia 29 de março. Se preferir uma versão mais úmida, será melhor avisar o garçom antes de fazer o pedido. Apenas regular, o expresso Toledo (R$ 2,80) pode vir à mesa ao lado de uma ótima madeleine de chocolate. Para levar, o quilo do pequeno custa R$ 36,00; cinco unidades médias saem por R$ 7,50.

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪ | ATENDIMENTO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO