Violência

Agressor de publicitária diz que 'só empurrou'

Em depoimento à polícia, motorista da Hilux negou ter batido em Jessica Otte, que teve marcas no rosto e aguarda laudo do IML

Por: Nataly Costa

O homem que bateu na publicitária Jessica Otte durante uma briga de trânsito nos Jardins prestou depoimento nesta quarta-feira (27) e negou a agressão. "Apenas empurrei, não agredi", disse ele à delegada Lygia Pimentel, do 15 º Distrito Policial.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o nome dele não será divulgado até o fim da investigação. O homem dirigia uma Hilux que pertence a um posto de gasolina em São Paulo. A mulher do motorista, que segundo Jessica também a agrediu, não foi ouvida pela polícia. 

+ Publicitária é agredida no Jardim Europa

+ Agressor de publicitária foi identificado

A publicitária conta ter levado um soco no rosto do motorista da Hilux. Ela estava no carro com a esposa, a também publicitária Amanda Carbone, e relatou que o homem, que estava no carro de trás, se irritou porque ela demorou a dar partida no carro quando o sinal ficou verde. Jessica descarta uma possível motivação homofóbica para a agressão. 

+ Queria que ele aparecesse para se desculpar, diz Jessica

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO