Destaques de terça (23) na Mostra Internacional de Cinema

A comédia italiana <em>Reality</em> e o clássico <em>Lawrence da Arábia</em> estão entre as boas pedidas

No quinto dia de exibições, a 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo reúne clássicos (como Coronel Blimp, às 13h no Frei Caneca 2, e Andrei Rublev, às 15h na Cinemateca) e novidades aguardadas (a exemplo de Na sua Ausência, às 15h30 no MIS, e do documentário Lado a Lado, às 16h20 no Cine Sabesp).

Clique aqui para conferir a programação completa, saiba os horários de abertura das bilheterias e veja mais dicas no blog do crítico Miguel Barbieri Jr. Confira dez destaques de hoje:

A BOA DO DIA

REALITY (idem, 115min), de Matteo Garrone – Um dos concorrentes mais elogiados da edição deste ano do Festival de Cannes, onde venceu o Grande Prêmio do Júri, o novo longa do diretor de Gomorra (2008) trata de um tema atualíssimo: o impacto provocado pela superexposição na mídia em uma família que decide participar de um reality show. Cinesesc, 21h15

FIQUE DE OLHO

A PARTE DOS ANJOS (The Angel’s Share, 101min), de Ken Loach – Se a sessão de Reality estiver lotada, uma alternativa é outra comédia com a grife de Cannes. Ganhador do Prêmio de Júri no festival, o novo trabalho do diretor de Terra e Liberdade (1995) combina humor e crítica social para mostrar a transformação de um bandido em um expert em uísque. Reserva Cultural 1, 21h45

Antiviral

Antiviral

ANTIVIRAL (idem, 110min), de Brandon Cronenberg – O début do filho do diretor David Cronenberg não nega a influência paterna: também divide o público entre quem ama e quem odeia. Para quem tem nervos de aço, vale arriscar a fita de horror sobre um funcionário de laboratório que cultiva vírus de celebridades para vendê-los aos fãs. Livraria Cultura 1, 22h15

ALPS-Photo3

ALPS-Photo3

ALPES (Alpeis, 93min), de Yorgos Lanthimos – Por falar em cineastas excêntricos, impossível ignorar o diretor grego do provocativo Dente Canino (2009), indicado ao Oscar de filme estrangeiro. Desta vez, ele conta a história de uma associação subterrânea que oferece um serviço no mínimo inusitado: substituir, por alguns dias, pessoas que morreram para garantir conforto aos seus familiares. Vencedor do prêmio de melhor roteiro no Festival de Veneza. FAAP, 15h

Lawrence of Arábia

Lawrence of Arábia

LAWRENCE DA ARÁBIA (Lawrence of Arábia, 216min), de David Lean – Escolha mais segura do dia: veja ou reveja o épico de 1962, que venceu sete prêmios Oscar. Será exibido em cópia restaurada. Espaço Itaú – Frei Caneca 1, 13h

A Caça

A Caça

A CAÇA (Jagten, 115min), de Thomas Vinterberg. O diretor de Festa de Família volta à forma neste ótimo thriller. Mads Mikkelsen levou o prêmio de melhor ator na edição mais recente de Cannes pela interpretação do professor Lukas, acusado injustamente de abusar de uma de suas alunas. Espaço Itaú – Frei Caneca 3, 22h

Herança

Herança

HERANÇA (Inheritance, 88min), de Hiam Abbass – A grande atriz palestina de Free Zone e Lemon Tree comanda seu primeiro longa-metragem narrando a história de um casamento. Em meio a segredos e mentiras,a paz durante a festa fica ainda mais comprometida pelos conflitos entre Israel e Líbano. Espaço Itaú – Frei Caneca 1, 23h

Renoir

Renoir

RENOIR (idem, 101min), de Gilles Bourdos – Nos últimos anos de sua vida, em 1915, o pintor Auguste Renoir é atormentado pela perda de sua esposa, pelas dores causadas pela artrite e pela notícia de que seu filho Jean foi ferido em combate. Mas uma jovem, que entra milagrosamente em seu mundo, faz com que ele recupere o ânimo. Exibido no encerramento da mostra paralela Um Certo Olhar, do Festival de Cannes. Espaço Itaú – Frei Caneca 5, 22h

Liv e Ingmar - Uma História de Amor

Liv e Ingmar – Uma História de Amor

LIV E INGMAR – UMA HISTÓRIA DE AMOR (Liv & Ingmar, 83min), de Dheeraj Akolkar – Documentário sobre a relação de 42 anos entre a atriz norueguesa Liv Ullmann e o diretor sueco Ingmar Bergman. Cinemateca – Sala Petrobras, 20h50

Barbara

Barbara

BARBARA (idem, 105min), de Christian Petzold – O concorrente alemão a uma vaga entre os indicados ao Oscar de filme estrangeiro mostra o drama de uma médica que, nos anos 80, recebe uma punição ao pedir visto para ir à Alemanha Oriental: é transferida a um hospital distante. Espaço Itaú de Cinema – Pompéia 9, 21h10

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s