Ator e dramaturgo Ênio Gonçalves é velado em São Paulo

Aos 70 anos, o artista morreu em decorrência de uma doença renal neste sábado (5)

O ator, diretor e dramaturgo Ênio Gonçalves, 70 anos, está sendo velado neste sábado (5) no Cemitério do Araçá, no centro de São Paulo. Ele morreu às 11h, vítima de falência renal, depois de ficar internado por cerca de 20 dias no Hospital Sancta Maggiore, no Paraíso. O corpo será cremado no domingo (6), às 11h no Crematório Vila Alpina, Zona Leste.

Gonçalves nasceu no Rio Grande do Sul, casou-se com três mulheres (Miriam Mehler, Maria Isabel de Lisandra e Mara Faustino) e teve duas filhas, Fernanda Gonçalves e Manuella Gonçalves.

Na carreira, atuou no cinema, teatro e televisão. Entre as obras cinematográficas estão Demência (1986), Quanto Vale ou É por Quilo? (2005) e Garotas do ABC (2003).

O artista também trabalhou em novelas, como Pedra Sobre Pedra (1992), da TV Globo. Mais recentemente fez uma participação especial em Páginas da Vida (2006), na mesma emissora. Além disso, passou pela Bandeirantes e Cultura e nas extintas Tupi e Manchete.

 

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s