Cervejaria americana Goose Island abre filial em Pinheiros

Bar, que ficará no Largo da Batata, produzirá 15 000 litros de chope por mês

Cenário de muitos filmes, entre eles o cult Os Intocáveis, de Brian De Palma, Chicago sempre foi conhecida pela Lei Seca, que proibiu a venda de bebida alcoólica de 1920 a 1933. Com a queda da legislação, a cidade tornou-se o território de boas cervejarias, a exemplo da Goose Island, que surgiu como micro em 1988 e está, desde 2011, sob o comando do gigante Anheuser-Busch InBev.

No Brasil, a marca começou a ser distribuída em garrafas pela primeira vez no ano passado. A produtora, cujo logo tipo é a figura de um ganso, fará outro investimento em território nacional. Vai inaugurar até o fim deste mês um bar no Largo da Batata, em Pinheiros. “Devemos fazer o mesmo em outras metrópoles ao redor do mundo, como Londres, Seul e Xangai”, afirma Pablo Pedalino, gerente de brand experience da multinacional.

+ Lima Restobar ganha unidade na capital paulista

A unidade paulistana será o maior brewpub da capital. No espaço, de 500 metros quadrados e 140 lugares, com direito a um terraço — apelidado de biergarten —, serão tirados das torneiras 15 000 litros de chope por mês — o Les 3 Brasseurs, no Itaim, o maior até agora, produz aproximadamente 10 000 litros.

Para pôr a mão no malte, foi escalado o mestre-cervejeiro Guilherme Hoffmann, egresso da concorrente Cervejaria Nacional. Ele é o responsável pelos cerca de quinze chopes elaborados no local, que jorrarão de trinta torneiras e custarão a partir de 13 reais (copos de 340 mililitros). Há versões consagradas da marca, como a premiada Goose IPA, e invenções tupiniquins, algumas delas passadas por barril. “Quero explorar frutas e temperos nacionais”, afirma o especialista.

Chope Goose Island

Chope Goose Island

Para se aperfeiçoar, ele teve de passar dois meses em treinamento intensivo em Chicago. Cerveja, afinal, é assunto sério. Na brewhouse, ela vai inclusive na comida — haja cevada, que vira até crocante de um steak tartare. Na vizinhança do endereço há bares como o Z Carniceria e o Ambar. Com a chegada da Goose Island, aquele pedaço de Pinheiros consolida-se como um novo polo de boemia da capital.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s