Sargento condecorado da PM morre baleado ao atender mulher ferida

Julio César Zorzete de Almeida, do 37º Batalhão de Polícia Militar do Interior – Rio Claro, faleceu com um tiro no rosto

Um sargento da Polícia Militar e um homem de 44 anos morreram numa troca de tiros no município de Itirapina (190 km de São Paulo) na madrugada deste sábado (20).

+ Capitão da Rota sobrevive a dez tiros em tentativa de assalto

O crime aconteceu quando Julio César Zorzete de Almeida, do 37º Batalhão de Polícia Militar do Interior (Rio Claro) foi atender uma ocorrência. Após um desentendimento, Marcos da Silva usou uma arma de pressão para ferir a mulher e uma criança. 

De acordo com a Polícia Militar, a equipe de Almeida se deslocou até a residência da família e, ao chegar ao local, o homem deparou com os carros viaturas policiais e disparou com uma arma de fogo. A polícia revidou e houve confronto.

O sargento foi ferido com um tiro no rosto e encaminhado ao pronto-socorro de Itirapina, onde não resistiu e morreu. Silva, que sofria de problemas psiquiátricos, também foi socorrido, e faleceu. O caso é investigado na Delegacia de Itirapina.

+ Compra de merenda escolar da rede municipal é suspeita de irregularidades

Julio César Zorzete tinha 40 anos – metade deles dedicados à corporação. Durante sua carreira foi condecorado com a Láurea de Mérito Pessoal em 1º Grau. A medalha recebida é o grau mais alto da honraria da Polícia Militar e é concedida a policiais que se destacam em atos de bravura. O sargento deixa esposa e um filho de dois anos.

O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, acompanhado do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ricardo Gambaroni, prestaram condolências à família do PM, na manhã deste domingo (21), durante cerimônia no Mausoléu da Polícia Militar – denominado como “Heróis da Polícia Militar” –, onde estão sepultados policiais mortos em serviço.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s