MBL cobre de branco pichação feita na casa de Doria

Muro da casa do prefeito foi pichado na manhã desse sábado (15)

 Integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) repintaram de branco o muro da residência do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), na tarde deste sábado, 15, no bairro Jardim Europa, em São Paulo. O local havia sido pichado com a frase “SP não está à venda” durante uma manifestação do Levante Popular da Juventude, realizada pela manhã. O protesto criticava os projetos de desestatização e de limitação do passe livre da gestão municipal.

Também na tarde deste sábado, o Levante Popular da Juventude divulgou uma nota criticando a prisão do militante, cujo nome não foi informado e que teria pichado o muro. Ele foi liberado do 14º Distrito Policial (Pinheiros) por volta das 14 horas, mas não quis comentar o incidente.

“Queremos uma cidade na qual o poder público escute, dialogue com a sociedade, atuando para diminuir desigualdades sociais, raciais e de gênero, investindo mais recursos no transporte, na cultura, na saúde, na educação e na habitação. O projeto de governo de Doria é um projeto de privatização, de entrega da cidade às mãos de empresários usurpadores”, declararam.

Sobre a pintura, Doria se manifestou em seu perfil no Twitter.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s