Geeks: a nova geração dos nerds é viciada em tecnologia

Loucos por tecnologia, os geeks exibem seus brinquedinhos em encontro semanal nos Jardins

Todas as quintas, um grupo de jovens diferentões se reúne no El Malak, misto de bar e restaurante nos Jardins. Entre uma cerveja e outra, eles se divertem com videogames portáteis, iPods e netbooks (pequenos notebooks usados principalmente para acesso à internet sem fio). São os geeks, considerados a nova geração dos nerds. Viciados em tecnologia, eles compram equipamentos em sites estrangeiros e se comunicam em uma espécie de idioma próprio, com frases recheadas de palavras em inglês e gírias incompreensíveis para quem não passa o dia inteiro na frente de um computador (leia algumas no quadro). “O fundador da Microsoft, Bill Gates, é nerd”, explica o consultor de conteúdo para sites Zander Catta Preta, participante assíduo dos encontros há cerca de um ano. “O proprietário da Apple, Steve Jobs, é geek.” Apesar da diferenciação, eles batizaram a balada de Nerds on Beer (algo como Nerds na Cerveja, numa tradução literal).

Outra característica comum entre os geeks é o autodidatismo. “Comecei a ter contato com a internet aos 14 anos. Com vontade de mudar o visual do blog que escrevia, aprendi programação”, lembra Jessica Carrasco, que, atualmente, aos 22 anos, trabalha como programadora. Fissurados por novos “brinquedinhos”, eles sempre têm um para exibir. O blogueiro Alexandre Fugita, por exemplo, comprou há três semanas um netbook recém-lançado na Europa. “Minha irmã trouxe da Inglaterra”, conta. “Pagou 1 400 reais.” Para adquirir sua máquina fotográfica Nikon D80, o designer Fernando Mafra preferiu importar por meio de um site americano. Juntou a novidade a seus outros apetrechos tecnológicos, como os videogames Nintendo DS e Playstation 2, além da câmera de vídeo. “Só não compro mais porque o bolso não agüenta”, diz.

O NoB – apelidinho carinhoso dado ao encontro – é marcado via internet, pelo Twitter, que espalha recados para quem faz parte da lista do remetente, por e-mail ou mensagem instantânea. A primeira balada foi iniciativa do empresário Marco Gomes. Em maio do ano passado, ele, que morava em Brasília, estava em São Paulo para uma reunião de negócios. Como tinha uma noite livre, postou um recado em seu blog avisando que estaria na Fnac da Avenida Paulista a postos para tomar uma cervejinha em algum bar da região. Cinco pessoas apareceram. “Mudei-me para São Paulo algumas semanas depois e instituí o encontro”, afirma Gomes. “Cerca de 150 pessoas fazem parte da nossa comunidade na internet.” Quinze geeks costumam participar do NoB semanalmente. Graças ao tal Twitter, a reunião se espalhou por outras cidades do país.

Entenda a língua deles

• Epic – Serve para destacar algo muito legal (ou muito ruim). “Ontem o show foi ótimo. Estava epic!”

• Fail – Qualquer coisa errada. Seja ela relacionada à tecnologia ou não. “Desci pra praia e choveu. Fail.”

• Noob – Novato. Pessoa com pouco conhecimento sobre algo relacionado à internet. “O cara é noob em programação.”

• Pagerank – Originalmente, é uma ferramenta usada para classificar páginas na internet. No mundo geek, quem é popular tem pagerank alto. “Com a nova namorada, o pagerank do fulano subiu.”

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s