Empresário do funk é morto a tiros em São Paulo

Alexandre Dias Gomes, 35, foi baleado em posto de combustível na Avenida Sapopemba, na Zona Leste

 

Um empresário de 35 anos foi morto a tiros, na noite de quinta-feira (5), em um posto de combustível na Avenida Sapopemba (Zona Leste). Alexandre Dias Gomes era dono de uma casa de shows especializada em funk e também alugava vans para levar os cantores para apresentações pelo estado.

O funk ostentação está à beira da morte. E já tem um substituto

De acordo com a polícia, Dias Gomes havia saído da academia, acompanhado do sobrinho e de uma amiga, quando precisou parar no posto para trocar um dos pneus de seu carro. Ao abrir a tampa do porta-malas para retirar o estepe, um homem que chegou a pé o surpreendeu e o atingiu com três disparos. 

empresariofunk2

empresariofunk2

O empresário foi socorrido e levado ao Hospital de Sapopemba, mas não resistiu aos ferimentos. Policiais suspeitam que Dias Gomes tenha sido vítima de um crime premeditado, e não um latrocínio (roubo seguido de morte), por dois motivos: nenhum objeto foi roubado e o posto de gasolina fica a poucos metros da academia onde o empresário fazia exercício momentos antes do crime.

“Alguém pode ter furado propositalmente o pneu e, sabendo que ele ia parar, esperado no posto para matá-lo”, afirmou o delegado Vitor Franchini Luna, plantonista do 49º Distrito Policial (São Mateus), que registrou a ocorrência.

De acordo com Luna, os funcionários do posto de gasolina não conseguiram reconhecer o criminoso. “Assim que escutaram os tiros, todos correram para se esconder”, conta.

As investigações, que vão ser encaminhadas ao 55º Distrito Policial (Parque São Rafael), responsável pela área, também não vão poder contar com auxílio de imagens. As câmeras instaladas no posto estão sem funcionar desde a semana passada, quando um carro bateu em um poste e provocou uma queda de energia.

Confira as últimas notícias

Um dos amigos de Dias Gomes, o MC Gui, ídolo do funk ostentação, desabafou em seu perfil no Facebook: “E aí se vai mais um grande amigo. Fofinho, que tragédia. Que Deus te receba de braços abertos. Realmente estou sem acreditar. Triste e revoltado”. 

Alexandre Dias Gomes

Alexandre Dias Gomes

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s