Clarice

Quando foi lançada nos Estados Unidos, em agosto, a biografia de Clarice Lispector (o nome em português deve ser lido como “Clarice vírgula”) fez a escritora ser comparada a nomes da literatura internacional como James Joyce e Franz Kafka. O autor, Benjamin Moser, percorreu todos os lugares por onde a família Lispector passou — da Ucrânia natal ao Rio de Janeiro. Por aqui, o volume fez aumentar o interesse pela obra de Clarice, uma escritora nem sempre fácil de ler, mas que há muito virou cult. “Cresceu a procura por títulos como A Hora da Estrela”, conta Pedro Herz, dono da Livraria Cultura.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s