Casarão de assistência a portadores do HIV passa por reformas na Luz

Construído em 1922 para abrigar os serviços de assistência médica dos funcionários da Estrada de Ferro Sorocabana, um casarão neocolonial de 1 175 metros quadrados passa por restauração no bairro da Luz. Tombado pelo Conpresp e pelo Condephaat, desde 1996 funciona ali, na Alameda Cleveland, um serviço público de assistência especializada a portadores de HIV. A reforma, que começou em novembro e deve ficar pronta em julho, custará 4 milhões de reais, bancados pelo Hospital Sírio-Libanês. A partir do mês que vem, quando a primeira parte da obra for entregue, o serviço de assistência volta a funcionar no casarão.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s