Cartão para ajudar dependentes químicos não funcionará em São Paulo

Programa determina ajuda de custo mensal de 1 350 reais para famílias de dependentes químicos

A cidade de São Paulo não está na lista de municípios selecionados pelo Governo Estadual para receber inicialmente o Cartão Recomeço, programa que prevê uma ajuda de custo mensal de 1 350 reais para famílias de dependentes químicos que desejam se internar. A relação foi divulgada nesta quarta (8).

 

As onze cidades escolhidas para abrigar o projeto foram Diadema, Sorocaba, Campinas, Bauru, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, São José dos Campos, Osasco, Santos e Mogi das Cruzes.

O programa atenderá cerca de 3 000 pacientes. O valor de 1 350 reais só poderá ser usado em clínicas de acolhimento, recuperação e reinserção de usuário de drogas. Na quinta-feira (9), o governo lançará o edital para selecionar quais clínicas serão cadastradas. 

O benefício é direcionado a usuários de drogas considerados aptos, maiores de 18 anos e que desejam se internar voluntariamente. O cartão magnético será válido por até seis meses. 

A expectativa da Secretaria de Desenvolvimento Social é que os primeiros usuários sejam atendidos em sessenta dias.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s