Jovem publica desabafo sobre sintoma pouco discutido da TPM

Após superar a anorexia, mulher hoje aposta em estilo de vida vegano e exercícios para ficar em forma com saúde; confira a mensagem publicada pela atleta

Ao longo da vida, muitas mulheres enfrentarão os mais variados tipos de TPM, a temida “tensão pré-menstrual” — de dores de cabeça e cólicas extremas, passando por mudanças de humor, ainda há muito preconceito quando falamos sobre simples mudanças hormonais. Um sintoma que passa quase “despercebido” é a retenção de líquido, uma situação bastante inconveniente.

Uma jovem blogueira fitness, no entanto, quer mudar a opinião das pessoas sobre o desconforto: Malin Olofsson, que pratica um estilo de vida saudável e está recuperada da anorexia há 15 anos.

Recentemente, ela publicou um desabafo emocionante aos seus mais de 9 800 seguidores no Instagram: “Alguns de vocês já viram isso antes. Alguns não viram. Algumas de vocês experimentam essa sensação e a enfrentam uma vez por mês. Alguns de vocês estão enojados. Algumas de vocês vão suspirar com alívio por não estarem sozinhas. Alguns de vocês irão olhar para esta foto e não lerão a legenda e simplesmente acreditarão que eu estou grávida“, escreveu. Confira: 

——————————————– Some of you have seen this before. Some of you haven't. Some of you experience and go through this yourself once a month. Some of you will be disgusted. Some of you will sigh with relief and think -Omg I'm not alone. Some of you will not read this caption and presume that I'm pregnant. ——————————————– This is the visual signs of PMS for me and many other women. For some it's less extreme, for some it's more. Water retention is a very normal and common symptom of PMS. Some women will hardly notice it and some go through immense discomfort for a couple of days a month. It can start anytime between ovulation and your period. ——————————————– THIS 👏🏽 IS 👏🏽 NORMAL. This is nothing to be ashamed of. Yes – it is very uncomfortable, and yes – it is really difficult to not feel like you must hide it and try to suck your stomach in. I've stopped. I've decided that breathing is more important than what other people may or might think. I've decided that my body's reaction to the hormonal change is not going to be an aspect that I let contribute to my already unstable mental state. Because when I have PMS, I already feel like dying. And I've decided to love my body no matter how I feel about life. ——————————————– Do not blame your body for how you're feeling. It is never your body's fault. It is never anything wrong with how your body looks. Yes – your body might experience discomfort due to hormonal changes – so instead of making it worse through shaming your body, try doing the opposite. Realize that this is when you need extra self-care and self-love. Realize that you don't have to be ashamed and hide. You are perfect and your body is just doing it's job.

A post shared by MALIN 🌱 (@malinxolofsson) on

A jovem continua na legenda, explicando por que sua barriga está tão inchada, mesmo com exercícios e dieta vegana: “Este é um dos sinais visuais da TPM para mim e para muitas outras mulheres. Para algumas, é um pouco menos extremo. Mas, para outras, pode ser muito pior. Retenção de água é um sintoma muito comum e bastante normal da TPM. Algumas mulheres provavelmente não notarão nada de diferente, enquanto outras enfrentarão um tremendo desconforto por alguns dias do mês. Ele pode começar entre a sua ovulação e a sua menstruação. Isso é normal!“, comentou. 

Last couple of days have been TOUGH! I am finally starting to get my shit together but going through a separation, moving and at the same time dealing with a burnout as well as a physical injury is rough. I am so grateful for the support I have from my friends and especially from my brother, who is amazing and has helped me through the hardest of moments. 💕 You do know what is best for you in every situation – and sometimes doing the right thing is what hurts the most. This is why we tend to stay in our comfort-zones rather than exploring new grounds. But – even though it hurts I know I'm on the right path for me. I have reached my lowest and now things are only getting better. I was even allowed to train benchpress yesterday 🤗. So my happiness-level is pretty much through the roof. Almost painfree on top of everything! Haha. Things are looking up my friends! The bruises are fading.

A post shared by MALIN 🌱 (@malinxolofsson) on

Você não deve sentir vergonha disso. Sim, é muito desconfortável e sim, é muito difícil não sentir a necessidade de que você precisa esconder a sua barriga, que você precisa encolhê-la. Eu parei de fazer isso. Eu decidi que respirar é mais importante do que o que as outras pessoas podem pensar de mim. Eu decidi que a reação do meu corpo às mudanças hormonais mensais não será um aspecto que eu deixarei interferir na minha já instável saúde mental. Porque eu tenho TPM, eu já sinto como se estivesse morrendo. E eu decidi amar o meu corpo, não importa como eu me sinto em relação a isso“, escreveu, abordando um sintoma que provoca bastante desconforto em mulheres do mundo inteiro.

Some people will never understand the decisions and priorities that you'll make for yourself. But rather than continuously trying to explain yourself to them, try to focus your energy and attention on doing what You know is best for YOU. I know that I might not understand how some people decide to live their lives – and some people will never understand my life-choises. THAT'S OKAY! Focus on you! 1. Figure out what makes you happy when not taking into consideration what 'everybody else seems to be doing'/'what's considered 'normal''. 2. Do what it is that makes you and your body happy. 3. Stop apologising for prioritizing yourself. 4. Let other people live their lives. Take responsibility for YOUR life, YOUR decisions.

A post shared by MALIN 🌱 (@malinxolofsson) on

Na sequência, a jovem finaliza com uma bonita mensagem de aceitação: “Não culpe o seu corpo pela maneira como você se sente. Nunca é a culpa do seu corpo. Não há nada errado com a aparência do seu corpo. Sim, o seu corpo pode experimentar desconforto durante mudanças hormonais — então, no lugar de piorar a situação com autocrítica, tente fazer o oposto. Perceba que é neste momento que você precisa de mais amor e carinho consigo mesma. Perceba que você não precisa sentir vergonha ou se esconder. Você é perfeita e o seu corpo está fazendo um bom trabalho“.

Dê sua opinião: E você, o que achou do desabafo da jovem? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s