Minha Vida de Abobrinha

Tipos de Gêneros dramáticos: Animação
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Numa competição com os pesos-pesados Zootopia e Moana, ambos da Disney, Minha Vida de Abobrinha surge como azarão no Oscar. Não que o desenho, feito de modo artesanal com a técnica de stop motion, seja fraco. Realizado com afinco e sensibilidade pelo suíço Claude Barras, o filme tem enxutíssima duração (pouco mais de uma hora) para mostrar a transformação na vida de Abobrinha (ou Courgette, no original francês). Após a morte da mãe, sempre bêbada e indiferente à sua presença, o menino de 9 anos vai para um orfanato. Lá, redescobre o prazer da vida ao lado de crianças com traumas parecidos ou até piores. Estreou em 16/2/2017.

    info
  • Direção: Claude Barras
  • Duração: 66 minutos
  • Recomendação: 10 anos
  • País: Suiça/França
  • Ano: 2016
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s