Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

USP inicia testagem de Covid-19 por saliva para moradores de São Paulo

Saiba como realizar o exame, que começa a ser aplicado a partir desta terça-feira (1º)

Por Redação VEJA São Paulo 1 dez 2020, 12h21

O Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco (CEGH-CEL) da Universidade de São Paulo (USP) disponibiliza um teste de Covid-19 capaz de diagnosticar a doença pela saliva. Ele está disponível a partir desta terça-feira (1º).

Inicialmente, o exame poderá ser feito por moradores da capital por R$ 90 para quem for à instituição para a coleta da amostra de saliva. Há uma segunda opção, por R$ 150, para os que optarem fazer a autocoleta e enviar a amostra para análise por um serviço de retirada e entrega.

Antes de fazer o teste, é necessário fazer um cadastro no site Genoma da Covid-19 da USP. Também é possível tirar dúvidas sobre como será o procedimento entrando neste link

Pesquisadora do CEGH-CEL e coordenadora do projeto, Maria Rita Passos-Bueno explicou à agência FAPESP qual vai ser a quantidade de testagem diária e o tempo de entrega dos resultados. “Inicialmente realizaremos no máximo 90 testes por dia [por ordem de cadastro], cujos resultados serão disponibilizados em até 24 horas”.

Homologado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o teste da USP é baseado em uma técnica molecular utilizada para outros diagnósticos de doenças infecciosas, como dengue, chikungunya, hepatite A e zika. O método da amostra pela saliva serve de alternativa ao exame de RT-PCR tradicional, o qual é considerado padrão-ouro para detectar a Covid-19 durante a fase aguda da infecção.

+Assine a Vejinha a partir de 5,90

Continua após a publicidade
Publicidade