Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Juliano Cazarré se manifesta sobre recusa de vacina e manda indireta

O ator trocou farpas com colega da TV Globo após quase perder papel em novela

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 28 jul 2021, 17h02 - Publicado em 28 jul 2021, 16h49

Juliano Cazarré se pronunciou após ter seu nome envolvido em uma polêmica em relação à vacinação contra a Covid-19. Escalado para o remake de Pantanal, da TV Globo, o ator poderia perder seu papel por se recusar a tomar o imunizante, segundo noticiou o colunista Léo Dias. 

Juliano Cazarré disse que consultou a produção de Pantanal sobre a situação da vacina. O ator alegou que, por ter contraído o vírus no ano passado, não precisaria tomar o imunizante. 

“Eu adquiri imunidade ano passado e já li textos falando que a vacina nesses casos pouco adianta e que uma nova carga viral pode ser prejudicial”, escreveu. No entanto, especialistas afirmam que todos devem tomar a vacina contra a Covid-19, inclusive aqueles que já foram infectados. Há estudos, além do mais, que indicam que a segunda infecção pela doença pode ser ainda mais grave

Na sequência da declaração, apesar de confessar o receio de receber o imunizante, Cazarré declara que “deixou bem claro” que se vacinaria se fosse uma condição da emissora para sua participação na novela. O ator disse que se vacinará nesta quinta-feira (29). 

“Ao longo do final de semana conversei com um médico em quem confio, que me explicou mais sobre a vacina, tirou as dúvidas sobre o processo como são feitas e eu já tinha me decidido a tomar, assumindo os mesmos riscos que todos os vacinados. No posto me informaram que eu devo passar lá na quinta-feira (amanhã de tarde). É o que farei”. 

Continua após a publicidade

Armando Babaioff, seu colega de emissora, escrever no Twitter que poderia ser escalado para novelas, já que tomou a vacina. Veja abaixo:

Cazarré também se pronunciou sobre a indireta de Armando Babaioff. “Rezem também uma Ave Maria pelo colega que sugeriu pegar meu lugar por estar vacinado. Ele é um grande ator e não merece estar nessa situação”, escreveu. 

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade