Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Governo entrega hospital de campanha do Ibirapuera

Espaço terá custo mensal de 10 milhões de reais e será dedicado aos pacientes com Covid-19

Por Redação VEJA São Paulo 29 abr 2020, 19h15

O governo de São Paulo entregou nesta quarta-feira (29) as obras do hospital de campanha do Complexo Esportivo do Ibirapuera. O local começa a operar na sexta (1º), e terá atendimento exclusivo para casos menos graves da Covid-19.

O espaço, de acordo com o governador João Doria (PSDB), tem capacidade de 268 leitos. 800 profissionais irão trabalhar no local, que teve investimento de 12 milhões de reais e conta com 7 500 metros quadrados. O custo mensal para manter a estrutura é de 10 milhões de reais.

Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais.

 

240 leitos são de baixa complexidade e 28 de estabilização. De acordo om o governo, o espaço possui acesso à internet por Wi-fi, para que os pacientes internados possam entrar em contato com os familiares, já que a presença de acompanhantes é restrita.

“Anunciamos o projeto no dia 7 de abril e fizemos a entrega em menos de um mês. O hospital do Complexo Ibirapuera complementa o trabalho realizado por Prefeitura de São Paulo e Governo do Estado com os hospitais de campanha do Pacaembu e do Anhembi”, disse Doria. 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade