Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Anvisa barra reestreia de Willian pelo Corinthians

Jogador, recém-chegado da Inglaterra, entrou no Brasil e não fez quarentena

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 12 set 2021, 10h27 - Publicado em 12 set 2021, 10h23

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou que o jogador William, recém-contratado pelo Corinthians, deveria ter cumprido quarentena desde que chegou da Inglaterra, em 1° de setembro. Em nota, o órgão federal disse que o atleta assinou um termo no Aeroporto de Guarulhos e se comprometeu a cumprir as regras sanitárias impostas a viajantes que passam pelo Reino Unido.

No entanto, desde seu desembarque ele foi apresentado e treinou normalmente com seus novos companheiros. Ainda não informação se haverá algum tipo de punição pelo descumprimento do que foi determinado.

Neste domingo (12), o Corinthians jogará contra o Atlético-GO, em Goiânia, e o atacante faria a sua estreia.

Também em nota, a Anvisa defende uma punição ao meio-campo Andreas Pereira, do Flamengo, que enfrentou o Santos apenas oito dias após chegar do Reino Unido.

Na semana passada, a mesma Anvisa determinou que quatro jogadores da Argentina não deveriam participar do jogo contra o Brasil, com a partida em andamento, o que culminou com a desistência do time portenho de jogar. O caso foi parar na FIFA.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade