Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

2 mil leitos hospitalares serão instalados no Anhembi e Pacaembu

Locais devem receber pacientes oriundos das Unidades Básicas de Saúde e de hospitais públicos

Por Redação VEJA São Paulo 20 mar 2020, 13h55

O prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou nesta sexta-feira (20) que a administração municipal, em conjunto com a concessionária Allegra Pacaembu, vai instalar leitos hospitalares no Centro de Convenções do Anhembi e no Estádio do Pacaembu.

A medida tem como objetivo liberar espaço nos hospitais municipais e aumentar a capacidade destes de receber pacientes com Covid-19, o coronavírus. Serão 202 leitos no estádio e 1 800 no Anhembi. A previsão de entrega é de até dez dias depois do início das adaptações, que devem começar nas próximas duas semanas.

As vagas para estes leitos serão disponibilizadas para pessoas que estão em atendimento em Unidades Básicas de Saúde e hospitais públicos e não estão internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). A triagem nos equipamentos será feita pela Secretaria Municipal de Saúde. O complexo do Pacaembu ficará fechado enquanto for utilizado como área hospitalar.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade