Clique e assine por apenas 6,90/mês

Pitico

(Desde 2015)

Tipos de Bares: Bares variados

VejaSP:

Endereço: Rua Guaicuí, 61 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 35827365

Horário:

segunda-feira 18:00 - 24:00

terça-feira 12:00 - 24:00

quarta-feira 12:00 - 24:00

quinta-feira 12:00 - 24:00

sexta-feira 12:00 - 24:00

sábado 12:00 - 24:00

domingo 12:00 - 24:00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (50)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Gabrielli Menezes e Saulo Yassuda

Aberto em 2015, o bar lançou moda no que diz respeito ao espaço: é um quintal amplo montado num estacionamento antigo por onde se espalham cadeiras de praia e mesas compartilhadas. Além disso, foi responsável por levar à Rua Guaicuí, antes majoritariamente residencial e pacata, um baita agito. Nas noites de calor, a via fica intransitável de tanta gente. Dentro do bar, o movimento está bem mais tranquilo do que na estreia. É bom porque não há a necessidade de o cliente se preocupar em perder o lugar enquanto busca uma garrafa de vinho (R$ 72,00 o rosé de syrah Finca Las Moras) ou o shawarma de costela bovina no pão de cebola (R$ 29,00).

Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.

    ORIENTE MÉDIO EXPANDIDO

    O Pitico, precursor da badalação que se formou na Rua Guaicuí, acaba de completar cinco anos de serviços prestados. Antes mesmo de chegar à nova idade, o bar ganhou novas pedidas mastigáveis, inspiradas em diferentes regiões do Oriente Médio. Em vez de sanduíches apenas enrolados no pão folha, foram adicionadas à carta três versões montadas no pão de cebola pletzale. Uma delas é a de milanesa suína, alface-americana e molho de coalhada com tahine (R$ 38,00 com fritas). Entregue em uma caixinha, o combinado de frango com páprica, homus, saladinha, picles da casa e pão sírio sai por R$ 28,00.

    (Por Saulo Yassuda)

    Informações checadas em janeiro de 2020.

    Aberto em 2015, o bar lançou moda no que diz respeito ao espaço: é um quintal amplo montado num estacionamento antigo por onde se espalham cadeiras de praia e mesas compartilhadas. Além disso, foi responsável por levar à Rua Guaicuí, antes majoritariamente residencial e pacata, um baita agito. Nas noites de calor, a via fica intransitável de tanta gente. Dentro do bar, o movimento está bem mais tranquilo do que na estreia. É bom porque não há a necessidade de o cliente se preocupar em perder o lugar enquanto busca uma garrafa de vinho (R$ 72,00 o rosé de syrah Finca Las Moras) ou o shawarma de costela bovina no pão de cebola (R$ 29,00).

    Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.