Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Metzi

(Desde 2020)

Tipos de Restaurantes: Mexicanos

VejaSP:

Endereço: Rua João Moura, 861 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 980455022

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 18:00 - 22:00

quarta-feira 18:00 - 22:00

quinta-feira 18:00 - 22:00

sexta-feira 18:00 - 22:00

sábado 12:00 - 15:00 - 18:00 - 22:00

domingo - Fechado

Faixa de preço: Até R$140,00

Informações adicionais: Acesso para deficientes

Resenha por Arnaldo Lorençato

Finalmente, São Paulo tem um bom restaurante mexicano para chamar de seu. O Metzi, inaugurado por Eduardo Nava Ortiz e Luana Sabino, ele mexicano de Oaxaca e ela paulistana, tem ainda a vantagem de apresentar uma culinária instigantemente moderna, mas de raízes clássicas. Explica-se. O casal se uniu quando engrossava a brigada de cozinha do consagrado Cosme, de Nova York, dos chefs Enrique Olvera e Daniela Soto-Innes. A maioria dos pratos, feita para partilhar, é acompanhada de tortilhas quentinhas e embrulhadas em um guardanapo para montar na mesa. Pode-se começar pelo guacamole em pedaços ao tempero de suco de limão, pimenta jalapeño, cebola e azeite herbal (R$ 26,00). Também cai bem o taco de língua ao azeite de tutano e maionese de jalapeño (R$ 30,00). Revela-se primorosa a tostada campechana de polvo, salpicão de peixe e maionese de pimenta com abacate (R$ 37,00). Outra pedida obrigatória, o mole negro, molho de cacau e pimentas, tem a parceria de quatro lâminas de banana-da-ter­ra e mel de abelhas nativas (R$ 45,00). Os churros, finos e sequinhos, vêm perfumados de cumaru e são para besuntar de musse de doce de leite. Custam R$ 25,00 e valem cada caloria.

Informações checadas em fevereiro de 2021.

    Finalmente, São Paulo tem um bom restaurante mexicano para chamar de seu. O Metzi, inaugurado por Eduardo Nava Ortiz e Luana Sabino, ele mexicano de Oaxaca e ela paulistana, tem ainda a vantagem de apresentar uma culinária instigantemente moderna, mas de raízes clássicas. Explica-se. O casal se uniu quando engrossava a brigada de cozinha do consagrado Cosme, de Nova York, dos chefs Enrique Olvera e Daniela Soto-Innes. A maioria dos pratos, feita para partilhar, é acompanhada de tortilhas quentinhas e embrulhadas em um guardanapo para montar na mesa. Pode-se começar pelo guacamole em pedaços ao tempero de suco de limão, pimenta jalapeño, cebola e azeite herbal (R$ 26,00). Também cai bem o taco de língua ao azeite de tutano e maionese de jalapeño (R$ 30,00). Revela-se primorosa a tostada campechana de polvo, salpicão de peixe e maionese de pimenta com abacate (R$ 37,00). Outra pedida obrigatória, o mole negro, molho de cacau e pimentas, tem a parceria de quatro lâminas de banana-da-ter­ra e mel de abelhas nativas (R$ 45,00). Os churros, finos e sequinhos, vêm perfumados de cumaru e são para besuntar de musse de doce de leite. Custam R$ 25,00 e valem cada caloria.

    Informações checadas em fevereiro de 2021.