Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Koya88

(Desde 2020)

Tipos de Bares: Japoneses

VejaSP:

Endereço: Rua Jesuíno Pascoal, 21 - Vila Buarque - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 33846926

Site: https://www.koya88.co/

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 17:00 - 22:00

quarta-feira 17:00 - 22:00

quinta-feira 17:00 - 22:00

sexta-feira 17:00 - 22:00

sábado 14:00 - 22:00

domingo - Fechado

Informações adicionais: Entrega em domicílio, Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (28), Levar vinhos (permite)

Resenha por Saulo Yassuda

Uma mão nos hashis e a outra no copo. Assim é uma visita ao Koya88, aberto em novembro numa rua boêmia da Vila Buarque, quase em frente ao premiado Elevado Bar. O cardápio de inspiração japonesa — mas não só — varia todo mês e é montado pelo chef e sócio Thiago Maeda, com passagens pelo D.O.M., de Alex Atala, e pelo extinto Side, no Itaim Bibi. O guioza de copa lombo e camarão (R$ 35,00, cinco unidades), dono de uma massa elástica na medida, cozido no vapor, é coberto por um toque de pasta de alho negro e banhado por um saboroso molho ponzu com um pouco de pimenta. Sushi de estilo caseiro, que vem sendo revisitado por chefs da cidade, o futomaki (R$ 48,00, cinco unidades) está entre os melhores da capital. O enrolado de arroz e alga nori com conservas de hortaliças, soboro (tempero feito de peixe), vagem, omelete, atum, camarão e ovas de capelim resulta numa harmoniosa combinação. Na seara etílica, quem manda é o bartender e sócio Thiago Pereira, que trabalhou com Maeda no asiático Tessen, no Itaim Bibi. Se por um lado seus coquetéis são exuberantes em ingredientes, eles surpreendem pelo equilíbrio. O mr. shinoda (R$ 33,00), de uísque escocês, chá lapsang souchong, mel nativo, vinagre de framboesa e bitters de laranja e cacau, instiga pela nota defumada e pela acidez no fundo da garganta. Com um gostinho que remete a cerveja, o miyako (R$ 33,00) leva gim, licor de lúpulo, salmoura de azeitona e soda de capim-limão com melão. É delicado e refrescante. se você quiser tomar seu coquetel em casa, dá para comprar pelo site koya88.co.

Informações checadas no mês de janeiro de 2021.

    Uma mão nos hashis e a outra no copo. Assim é uma visita ao Koya88, aberto em novembro numa rua boêmia da Vila Buarque, quase em frente ao premiado Elevado Bar. O cardápio de inspiração japonesa — mas não só — varia todo mês e é montado pelo chef e sócio Thiago Maeda, com passagens pelo D.O.M., de Alex Atala, e pelo extinto Side, no Itaim Bibi. O guioza de copa lombo e camarão (R$ 35,00, cinco unidades), dono de uma massa elástica na medida, cozido no vapor, é coberto por um toque de pasta de alho negro e banhado por um saboroso molho ponzu com um pouco de pimenta. Sushi de estilo caseiro, que vem sendo revisitado por chefs da cidade, o futomaki (R$ 48,00, cinco unidades) está entre os melhores da capital. O enrolado de arroz e alga nori com conservas de hortaliças, soboro (tempero feito de peixe), vagem, omelete, atum, camarão e ovas de capelim resulta numa harmoniosa combinação. Na seara etílica, quem manda é o bartender e sócio Thiago Pereira, que trabalhou com Maeda no asiático Tessen, no Itaim Bibi. Se por um lado seus coquetéis são exuberantes em ingredientes, eles surpreendem pelo equilíbrio. O mr. shinoda (R$ 33,00), de uísque escocês, chá lapsang souchong, mel nativo, vinagre de framboesa e bitters de laranja e cacau, instiga pela nota defumada e pela acidez no fundo da garganta. Com um gostinho que remete a cerveja, o miyako (R$ 33,00) leva gim, licor de lúpulo, salmoura de azeitona e soda de capim-limão com melão. É delicado e refrescante. se você quiser tomar seu coquetel em casa, dá para comprar pelo site koya88.co.

    Informações checadas no mês de janeiro de 2021.